Yamaha MT-10 2022 ganha mais potência e atualizações no visual

Compartilhar

A Yamaha lançou na Europa o modelo 2022 da ‘Hyper Naked’ MT-10, sua naked mais extrema de 1000cc derivada da superesportiva R1. Ela chega com um novo motor mais potente, compatível com a norma antipoluição Euro5, além de atualizações no visual, principalmente no ‘rosto’ da moto.

Começando pelo design, a nova Yamaha MT-10 2022 ganhou um facelift principalmente no seu conjunto ótico frontal, com farol alto e baixo separados, e uma linha de LED logo acima para o DRL (Daytime Running Lights). É similar ao modelo anterior, mas com menos carenagens, deixando-a mais simples mas ainda assim, muito agressiva.

Além disso, o para-brisa ficou ainda menor que o presente no modelo anterior e o amortecedor de direção está localizado sob o farol. A traseira também foi retrabalhada, ficando com linhas mais simples.

Por fim, as laterais do tanque ganharam novas entradas de ar mais musculosas que, além de mais encorpadas, são funcionais, pois ajudaram no aumento de potência do novo motor, que falaremos mais abaixo. Não podemos deixar de mencionar as ‘grelhas amplificadoras acústicas’ localizadas na frente da tampa do tanque de combustível, que emitem o emocionante som de admissão do motor CP4.

yamaha mt-10 2022

Motor revisado

Como mencionado, o motor da Yamaha MT-10 2022 foi revisado para se adequar à norma antipoluição Euro5, com pistões forjados de alumínio leve, bielas deslocadas e cilindros com revestimento direto para garantir a máxima eficiência.

Para impulsionar as rotações médias voltadas para a estrada, são usadas bielas de aço em vez dos componentes de titânio usadas na superesportiva R1, e o momento de inércia no virabrequim é aumentado.

Além disso, as configurações de injeção de combustível foram alteradas para um nível ainda mais alto de torque linear entre 4.000 e 8.000 rpm – e o design dos sistemas de admissão e escape também foi modificado.

Com isso, a empresa diz que a economia de combustível é melhorada, os níveis de CO2 são reduzidos e este motor mais potente atende às regulamentações EU5.

A MT-10 2022 conta com motor de 4 cilindros em linha e 998 cm³ com refrigeração líquida, capaz de gerar até 122 kW (166 CV) de potência máxima a 11.500 rpm, e 112 Nm (11,4 kgfm) de torque a 9.000 rpm.

yamaha mt-10 2022

Tecnologia

A Yamaha MT-10 é uma das motos naked mais equipadas do mercado, e conta com cilindro mestre radial Brembo, sistema Quick Shift, limitador de velocidade variável Yamaha (que dá ao piloto a capacidade de definir um limite máximo de velocidade para se adequar a várias situações), acelerador ride-by-wire com quatro modos de entrega de potência, e IMU de 6 eixos.

Além disso, ela conta com sistema de controle de tração sensível à inclinação, sistema de controle deslizante, gerenciamento do freio do motor, controle de freio e modos de pilotagem Yamaha Ride Control.

Por fim, ela ganhou um novo painel em TFT colorido de 4,2″ derivado da R1, que apresenta uma tela clara e fácil de ler com todas as informações importantes à vista.

Cores e disponibilidade

A Yamaha oferecerá a nova MT-10 2022 em três opções de cores: Cyan Storm, Icon Blue e Tech Black.

As entregas aos concessionários Yamaha europeus começarão a partir de fevereiro de 2022. Não há previsão para o Brasil.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo created by DesignEvo logo maker