WorldSBK | Jonathan Rea vence corrida 2 em Portimão após duas quedas; Toprak cai e não pontua

Compartilhar

Jonathan Rea, piloto da Kawasaki, venceu a corrida 2 neste domingo, em Portimão, Portugal, pelo campeonato mundial de superbike WorldSBK. O hexacampeão enfim enterrou o jejum de vitórias, após duas quedas no fim de semana. Ele caiu nas corridas 1 e superpole, enquanto que seu adversário Toprak Razgatlioglu (Yamaha) caiu na corrida 2.

Após as quedas no fim de semana, Rea começou a corrida 2 com um ritmo intenso, aplicando muita pressão em Toprak. Ele conseguiu tomar a ponta, mas o turco retomava na freada da curva 1. Com a briga dos dois, Scott Redding (Ducati) se aproveitou e tomou a liderança, mas Rea mostrava muita competitividade e conseguiu, enfim, assumir a liderança em definitivo.

Com seu ritmo intenso, Toprak teve que arriscar mais e na curva 15, acabou caindo e tendo que abandonar. Não ficou claro se foi um problema mecânico (pois quebrou o para-lama dianteiro na queda), ou se foi um erro seu por forçar demais, para tentar derrotar Rea.

Com isso, o piloto da Kawasaki conseguiu demonstrar superioridade e venceu com folga a corrida 2. Um alívio para ele pois não marcou pontos nas outras duas corridas. Já para Toprak, apesar da queda na corrida 2 e do sexto lugar na corrida da superpole, ele sai de Portugal com mais pontos de diferença para Rea.

Briga pelas demais posições

A briga pelas demais posições foi feroz, especialmente pelo terceiro lugar no pódio. A posição foi disputada por Alvaro Bautista (Honda) e Loris Baz (GoEleven Ducati), com intensa troca de posições entre os dois. Mas, na penúltima volta, Bautista colocou por dentro em uma das curvas, mas acabou deixando um espacinho para o ‘troco’ e Baz não perdoou, colocou ali mesmo, acabou tocando no piloto da Honda que caiu e abandonou.

Bautista teve outra disputa muito parecida com o mesmo Baz na corrida 1, estava na frente até a última curva da última volta ocupando a terceira posição, mas acabou forçando demais a frente da moto, escorregou, caiu e também abandonou.

portimão worldsbk

Outra ‘surpresa’ na rodada de Portugal foi a vitória de Michael Van Der Mark (BMW) na corrida da superpole, sua primeira pela equipe e também a primeira da marca alemã desde a corrida 2 em Nurburgring, com Chaz Davies, em 2013.

Portanto, com os resultados da rodada de Portugal, Toprak abriu uma vantagem de 24 pontos para o segundo colocado, Rea. Mas o hexacampeão ‘volta ao jogo’, pois após a queda na corrida 1 e da superpole, estava 49 pontos atrás do turco.

A classificação do campeonato ficou da seguinte forma:

  1. Toprak Razgatlioglu (Yamaha) – 478 pontos
  2. Jonathan Rea (Kawasaki) – 454 pontos
  3. Scott Redding (Ducati) – 424 pontos
  4. Michael Ruben Rinaldi (Ducati) – 249 pontos
  5. Andrea Locatelli (Yamaha) – 246 pontos
  6. Michael Van Der Mark (BMW) – 211 pontos
  7. Alex Lowes (Kawasaki) – 199 pontos
  8. Garrett Gerloff (GRT Yamaha) – 193 pontos

Enfim, o mundial de Superbike WorldSBK, volta de 15 a 17 de outubro, com a rodada argentina, no Circuito San Juan Villicum. No Brasil, a transmissão ao vivo acontece no sistema de streaming DAZN.

fotos: divulgação

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo created by DesignEvo logo maker