MotoGP | Nova equipe de Rossi, Aramco Racing Team VR46 fecha contrato com a Ducati

Compartilhar

A MotoGP informou que a nova equipe de Valentino Rossi, Aramco Racing Team VR46, fechou um contrato com a Ducati e irá disputar a categoria principal de 2022 a 2024.

A equipe sediada em Tavullia também confirmou que assinou um contrato de cinco anos com a Dorna Sports para correr na categoria rainha.

A Aramco Racing Team VR46 será uma equipe independente com a fábrica da Borgo Panigale, com duas motos alinhadas no grid de 2022 e além.

Pablo Nieto – atual Team Manager da SKY Racing Team VR46 na Moto2 e Moto3 – será promovido a Team Manager da configuração da MotoGP, com o espanhol intimamente ligado aos talentos da VR46 Riders Academy e às atuais equipes que eles têm no classes intermediárias e leves.

O acordo consolida a parceria entre VR46 e Tanal Entertainment Sport & Media, a joint venture com a Saudi Aramco e faz parte dos planos de investimento da Tanal para Entertainment Sports & Media relacionados ao Saudi Vision 2030.

Estes incluem grandes projetos urbanos ligados à marca KSA New Cities, investigação e tecnologia de vanguarda com o envolvimento da MAIC Technologies, KMHG e outros projetos internacionais de parceiros e projetos que visam a sustentabilidade também no setor do automobilismo.

vr46 team

Valentino pode correr pela sua própria equipe

Valentino Rossi ainda não definiu seu futuro profissional, e seu contrato atual com a Petronas Yamaha SRT termina neste ano.

Mas, se depender dos novos parceiros da equipe VR46 (especialmente do príncipe da Arábia Saudita), o italiano tem um assento disponível.

Veja mais abaixo (no final da matéria), a declaração do príncipe, na qual ele diz que seria ótimo se Valentino pudesse competir em 2022 como piloto da Aramco Racing Team VR46.

Comentário dos envolvidos

Alessio Salucci, VR46 Riders Academy: “Temos o prazer de anunciar que em 2022 vamos correr no MotoGP com uma equipa de dois pilotos com as cores do VR46. Uma viagem que começou há pouco mais de oito anos com o nascimento do VR46 Riders Academy, uma bela aventura partilhada com a Sky, uma viagem longa, exigente, mas cheia de satisfações e que nos deixa muito orgulhosos. Este marco tem um significado verdadeiramente único, mas não é um ponto de chegada.”

“Ano após ano, desde 2013, crescemos, conseguimos escrever lindas páginas do nosso desporto entre a Moto3 e a Moto2 e cruzámos o nosso caminho com muitos jovens talentos do motociclismo italiano que tivemos o privilégio de poder apoiar no o seu caminho de crescimento e que vamos continuar a apoiar desde as classes mais baixas até ao MotoGP. Um momento chave da nossa história que não teria sido possível sem Carmelo Ezpeleta que sempre acreditou neste projeto e à Ducati pela confiança que depositou em nós para o futuro.”

Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna Sports: “Ter o prazer de receber a Equipe VR46 na categoria de MotoGP em 2022 é emocionante tanto para fãs de todo o mundo quanto para o paddock de MotoGP seguido da incrível carreira de Valentino Rossi e o crescimento dos VR46 Riders Academia desde o início. Valentino é e continuará a ser uma parte muito importante do Campeonato do Mundo FIM de MotoGP e agora, com a sua equipa a chegar ao MotoGP, o seu legado extraordinário vai continuar a inspirar novas gerações de pilotos e fãs. Damos as boas-vindas a eles na categoria rainha e esperamos muitas conquistas no futuro.”

Luigi Dall’Igna, Gerente Geral da Ducati Corse: “Estamos muito satisfeitos por ter chegado a este acordo com a VR46 para os próximos três anos. A sua academia sempre trabalhou com seriedade e grande profissionalismo, dando a muitos pilotos a oportunidade de ganhar experiência na Moto2 e Moto3, e hoje podem estar orgulhosos de terem trazido três jovens pilotos de grande talento. VR46 também mostrou que é capaz de gerir com competência uma equipa de sucesso na Moto3 e Moto2 e, por isso, vamos nos esforçar para fornecer o máximo apoio técnico à sua nova equipa no MotoGP, convencidos de que encontraram no VR46 um parceiro ambicioso e motivado como nós, com o objetivo comum de alcançar ótimos resultados juntos.”

SAR Príncipe Abdulaziz bin Abdullah Al Saud: “Para comunicar a beleza da Visão 2030 da Arábia Saudita, de nossa história milenar aos grandes projetos que foram anunciados para os próximos anos, selecionamos VR46 para uma joint venture de cinco anos como um parceiro estratégico para competir como protagonistas no Campeonato do Mundo de MotoGP organizado pela Dorna Sports. O acordo que acaba de ser assinado entre a equipa e a Ducati para o fornecimento de motos para as temporadas 2022-2024 é certamente uma notícia que saudamos muito positiva. A Ducati é uma empresa que tem grande valor tanto na Itália quanto no exterior por ter demonstrado uma competitividade incrível.”

“Seria ótimo para mim que Valentino Rossi pudesse competir nos próximos anos como piloto de nossa Aramco Racing Team VR46 junto com seu irmão Luca Marini que já compete este ano com o patrocínio de nossas marcas KSA New Cities, MAIC Technologies, TANAL Entretenimento Esporte e Mídia. A TANAL Entertainment Sport & Media e a Aramco nos próximos dias vão anunciar uma colaboração nos projetos da Arábia Saudita de desporto motorizado internacional e os detalhes do projeto com VR46 no MotoGP e no campeonato mundial de Moto2 na esperança de poder alargar ainda mais a sua presença no MotoGP, que representa um show fantástico para treinar no futuro jovens campeões sauditas também estão iminentes.”

fonte

fotos: divulgação

Compartilhar
Logo created by DesignEvo logo maker