Esta pasta cinza pode ser o futuro do combustível para motos e scooters

Compartilhar

Esta pasta cinza que vocês podem ver nas imagens pode ser o futuro do combustível para motos e scooters.

Chamada de POWERPASTE, está em desenvolvimento na Alemanha no Fraunhofer Institute for Manufacturing Technology and Advanced Materials IFAM.

De acordo com eles, esta nova pasta é à base de hidreto de magnésio, e fornece uma maneira segura de armazenar hidrogênio em uma forma química que é fácil de transportar e reabastecer sem a necessidade de uma rede cara de postos de abastecimento.

“POWERPASTE armazena hidrogênio em uma forma química em temperatura ambiente e pressão atmosférica para ser liberado sob demanda”, explica o Dr. Marcus Vogt, pesquisador associado do Fraunhofer IFAM.

E, como a POWERPASTE só começa a se decompor em temperaturas em torno de 250 °C, ela permanece segura mesmo quando uma moto ou scooter fica sob o sol escaldante por horas.

Além disso, o reabastecimento é extremamente simples. Em vez de ir para o posto de gasolina, os passageiros precisam apenas substituir o cartucho vazio por um novo e, em seguida, reabastecer o tanque com água. Isso pode ser feito em casa ou durante o trajeto.

powerpaste pasta cinza combustível hidrogênio

Como é feita a POWERPASTE e como funciona?

A matéria-prima da POWERPASTE é o magnésio, um dos elementos mais abundantes e, portanto, uma matéria-prima facilmente disponível.

O pó de magnésio é combinado com hidrogênio para formar hidreto de magnésio em um processo conduzido a 350 °C e cinco a seis vezes a pressão atmosférica. Um éster e um sal de metal são então adicionados para formar o produto acabado.

A bordo do veículo, a POWERPASTE é liberada de um cartucho por meio de um êmbolo. Quando a água é adicionada de um tanque de bordo, a reação resultante gera gás hidrogênio em uma quantidade ajustada dinamicamente às necessidades reais da célula de combustível.

Na verdade, apenas metade do hidrogênio se origina da POWERPASTE; o resto vem da água adicionada.

“POWERPASTE, portanto, tem uma enorme densidade de armazenamento de energia”, diz Vogt. “É substancialmente mais alto do que um tanque de alta pressão de 700 bar. E em comparação com as baterias, tem dez vezes mais densidade de armazenamento de energia.”

Isso significa que POWERPASTE oferece uma gama comparável a – ou até maior que – a gasolina. E também fornece uma faixa mais alta do que o hidrogênio comprimido a uma pressão de 700 bar.

Ok, o produto é promissor, mas irá virar realidade?

De acordo com eles, a Fraunhofer IFAM está construindo uma planta de produção para POWERPASTE no Centro de Projetos Fraunhofer para Armazenamento de Energia e Sistemas ZESS.

Prevista para entrar em operação em 2021, esta nova instalação será capaz de produzir até quatro toneladas de POWERPASTE por ano – não apenas para motos e scooters, mas também para outros tipos de veículos e até drones!.

fotos: divulgação

fonte

Compartilhar

Marcelo Souza

Autor, Editor e Administrador do site MotoNews Brasil, formado em Ciências Contábeis, apaixonado por motos e tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo made with DesignEvo