Categorias
Cotidiano Motociclismo MotoGP Notícias

MotoGP | Petronas Yamaha SRT apresenta as motos de Rossi e Morbidelli para 2021

A Petronas Yamaha SRT (Petronas Yamaha Sepang Racing Team) apresentou as motos YZR-M1 de Valentino Rossi e Franco Morbidelli para a temporada 2021 da MotoGP, num evento online.

As novas motos apresentam grafismos atualizados, com o mais recente logo da PETRONAS estampado nas laterais. As cores permanecem as mesmas, destaque para o tom azul-piscina característico da empresa de petróleo e gás da Malásia.

O macacão de Valentino Rossi também foi atualizado, mantendo em destaque o amarelo fluorescente característico, mas adicionando o azul-piscina da PETRONAS.

Não há alteração mecânica visível (chassi, balança traseira e suspensão), ou seja, as motos permanecem as mesmas da temporada passada.

Uma importante consideração: a moto de Valentino Rossi é 100% com especificação de fábrica, a mesma utilizada na equipe oficial da Yamaha; já a do Franco Morbidelli, permanece a mesma da temporada 2020, ou seja, ‘A-spec Plus’.

Franco Morbidelli: “Este será o meu terceiro ano com a equipe e há muitas coisas que gosto na PETRONAS Yamaha SRT. A pintura 2021 YZR-M1 é semelhante à dos últimos dois anos, mas ainda mudou; é a mesma, mas diferente, então o que é diferente dos últimos anos é o meu companheiro de equipe; espero que seja uma grande época para a Vale [Valentino Rossi] e para mim. Temos uma relação forte há muitos anos e vamos aprender muito um com o outro. Minha meta pessoal para 2021 é melhorar; me aprimorar como pessoa, piloto e atleta. Sei que é difícil porque no ano passado fomos bastante rápidos e fizemos grandes corridas e alcançamos ótimos resultados. No entanto, teremos que tentar melhorar em comparação com 2020, então esse é o meu objetivo, tentar ser melhor ano após ano.”

Valentino Rossi: “Estou muito orgulhoso de fazer parte da PETRONAS Yamaha Sepang Racing Team. É um novo desafio para mim. Esta é uma equipe muito jovem, mas nos últimos dois anos já tem estado muito competitiva. Estou feliz para ver a minha nova moto para este ano e gosto muito das cores da moto, macacão, capacete, etc. Parece fantástico. Os meus objetivos para 2021 são ser competitivos, lutar para ganhar corridas, lutar para chegar ao pódio e também lutar por uma boa posição na classificação do Campeonato do Mundo no final da temporada. Estamos todos muito focados nos nossos objetivos para fazer o melhor que podemos. Penso que com o Franco somos uma dupla de pilotos muito interessante porque nos conhecemos muito bem. Toda a equipe está muito motivada e vou dar o meu máximo para conseguirmos juntos o melhor resultado possível no final do calendário. Estamos prontos para começar.”

Enfim, a temporada 2021 da MotoGP tem atualmente 19 Grandes Prêmios confirmados, e vai começar oficialmente no dia 5 de março no Qatar com um dia de testes reservado para estreantes e pilotos de teste.

fotos: divulgação

Categorias
Cotidiano Honda Notícias

Honda, KTM, Piaggio e Yamaha formam consórcio para criar padrão de baterias substituíveis

A Honda anunciou hoje que a empresa assinou uma carta de intenções com a KTM AG, Piaggio & C SpA e Yamaha Motor Co., Ltd. para estabelecer um Consórcio de Baterias Substituíveis para Motos e Veículos Elétricos Leves.

No contexto do Acordo Climático de Paris e da transição para a eletromobilidade, os membros fundadores do Consórcio acreditam que a disponibilidade de um sistema padronizado de bateria trocável promoveria o uso generalizado de veículos elétricos leves e contribuiria para uma gestão do ciclo de vida mais sustentável de baterias utilizadas no setor de transportes.

Além disso, ao estender o alcance, encurtar o tempo de carregamento e reduzir os custos de veículos e infraestrutura, os fabricantes tentarão responder às principais preocupações dos clientes em relação ao futuro da eletromobilidade.

O objetivo do Consórcio será, portanto, definir as especificações técnicas padronizadas do sistema de bateria trocável para veículos pertencentes à categoria L; ciclomotores, motocicletas, triciclos e quadriciclos.

Ao trabalhar em estreita colaboração com as partes interessadas e organismos de normalização nacionais, europeus e internacionais, os membros fundadores do Consórcio estarão envolvidos na criação de normas técnicas internacionais.

O Consórcio iniciará suas atividades em maio de 2021. Os quatro membros fundadores incentivam todas as partes interessadas a se unirem à cooperação para enriquecer a experiência do Consórcio.

Noriaki Abe | Diretor Administrativo, Operações de Motos, Honda Motor Co., Ltd.

“O esforço mundial de eletrificação para reduzir o CO2 em escala global está se acelerando, especialmente na Europa. Para a adoção generalizada de motocicletas elétricas, problemas como distância de viagem e tempos de carregamento precisam ser resolvidos, e baterias substituíveis são uma solução promissora. Considerando a conveniência do cliente, a padronização de baterias substituíveis e a ampla adoção de sistemas de bateria são vitais, razão pela qual os quatro fabricantes membros concordaram em formar o Consórcio.”

“A Honda vê a melhoria do ambiente de uso dos clientes como uma área para explorar a cooperação com outros fabricantes, enquanto traz melhores produtos e serviços aos clientes por meio da competição. A Honda trabalhará duro em ambas as frentes para ser o fabricante ‘escolhido’ para a mobilidade do cliente.”

fotos: divulgação

fonte

Categorias
Cotidiano Notícias

Honda é a grande vencedora do Prêmio Maior Valor de Revenda Motos 2020

A Honda conquistou 5 prêmios no Selo Maior Valor de Revenda – Motos 2020, em estudo promovido pela Agência Auto Informe.

Em sua 5º edição, 107 modelos concorreram em 17 categorias em pesquisa que indica as motocicletas com menor depreciação do mercado, ou seja, aquelas que mais preservaram o valor investido pelo proprietário

De acordo com o estudo da pesquisa, os modelos da Honda se destacaram pelo baixo índice de desvalorização e por consequência, apoiados por um conjunto de competências como ampla rede de concessionários, manutenção fácil e econômica, disponibilidade de peças e credibilidade do modelo junto ao consumidor.

Um conjunto de fatores que reverte em um bom valor de revenda, confiabilidade e maior valor de mercado frente aos concorrentes.

A linha CG 160, foi eleita a campeã geral e vencedora na categoria street, com a menor depreciação do mercado entre todos os modelos participantes (4,6%). É o menor índice conquistado por um modelo desde a primeira edição do prêmio.

Veículo mais vendido do Brasil de todos os tempos com mais de 13 milhões de unidades, a linha CG é composta pelos modelos CG 160 Start, CG 160 Fan e CG 160 Titan e em 2021, comemorará 45 anos de mercado.

Confira abaixo os vencedores da Honda em cada categoria:

Categoria Street e Campeão Geral – Linha CG 160, com índice de 4,6%
Categoria Scooter até 200cc – PCX 150, com índice de 7,3%
Categoria Sport Acima de 800cc – CBR 1000RR Fireblade, com índice de 9%
Categoria Crossover – CB 500X, com índice de 5,8%
Categoria Motoneta – Biz 110i / 125, com índice de 6,4%

fotos: divulgação

fonte

Categorias
Marcas Notícias Triumph

Triumph Bonneville T120 e T120 Black 2021 são lançadas com melhorias

A Triumph lançou na Europa o modelo 2021 da Bonneville T120 e T120 Black. Elas chegam com melhoria na performance, melhoria na condução com perda de peso, novas tecnologias, design revisado e novas cores.

O modelo 2021 da família Bonneville já foi confirmado para o Brasil, e deve chegar às lojas no segundo semestre de 2021.

A Triumph Bonneville T120 e T120 Black 2021 tiveram uma configuração de condução significativamente aprimorada, resultado de uma grande economia de peso de 7 kg, novos aros de roda de alumínio leve e novos freios Brembo de especificação superior, além de controle de cruzeiro e modos de pilotagem aprimorados e um acelerador ainda mais responsivo.

Estilo revisado

A silhueta e o estilo icônicos e inconfundíveis de Bonneville foram aprimorados por um conjunto de toques que combinam o estilo icônico da T120 com os recursos premium mais recentes da Triumph.

Além disso, o icônico tanque Bonneville esculpido com joelheiras carrega um novo emblema de metal cromado de 3 barras, adicionando um novo toque de estilo ao já inconfundível design T120.

Na clássica Bonneville T120, acabamentos cromados premium foram usados ​​por toda parte, incluindo nos espelhos, suporte do para-lamas, piscas, ponteira do escapamento, guidão, moldura do farol e tampa de tanque.

Já na Bonneville T120 Black, uma série de componentes e detalhes foram escurecidos, incluindo aros de roda, suporte do garupa, tampas do motor, espelhos, moldura do farol, piscas e escapamento, além de um elegante banco marrom com logotipo da Triumph em relevo.

Por fim, a T120 está disponível em 3 esquemas de cores, incluindo uma opção de cor única Jet Black ou uma escolha de dois esquemas de cores duplos; Cordovan Red e Silver Ice, e Cobalt Blue e Silver Ice, ambos com linhas douradas pintadas à mão.

Para a T120 Black, há uma escolha de Jet Black ou um sofisticado esquema Matt Jet Black e Matt Graphite com linha prateada pintada à mão.

Melhorias na pilotagem

A pilotagem da nova Bonneville T120 foi aprimorada para 2021, com uma economia de peso de 7 kg. As novas rodas de alumínio proporcionam uma grande redução no peso não suspenso e na inércia, tornando a nova T120 mais ágil e manobrável durante a condução, e também quando você está estacionando.

O sistema de frenagem foi melhorado com um freio dianteiro Brembo de especificações mais elevadas, com uma configuração de disco duplo e pinças deslizantes de 2 pistões que proporcionam um excelente poder de frenagem e uma sensação melhorada. A segurança e o controle também foram maximizados graças ao ABS de última geração da Triumph e ao controle de tração comutável.

Triumph Bonneville T120 Black 2021

Tecnologia

A nova Bonneville T120 vem com tecnologia de especificações mais altas em comparação com sua versão anterior, com controle de cruzeiro agora instalado como padrão junto com modos de pilotagem aprimorados.

O controle de cruzeiro é definido por meio de um botão dedicado no guidão. O piloto pode selecionar entre os modos de pilotagem Rain e Road, que irão adaptar o comportamento da moto de acordo com as condições de pilotagem.

Além disso, outra tecnologia voltada para o piloto que vem como padrão inclui uma embreagem com torque assistido, que reduz a fadiga do piloto em tráfego pesado ou em viagens mais longas.

Há ainda um imobilizador de motor incorporado na chave, um prático soquete USB sob o assento e farol com luz diurna de LED.

Motor e performance

O motor das novas Bonneville T120 e T120 Black 2021 é o dois cilindros de alto torque de 1200cc da Triumph.

Para 2021, a massa do motor foi reduzida significativamente com o uso de um virabrequim mais leve. Juntamente com uma embreagem otimizada e eixos balanceadores, isso também reduziu a inércia, o que fornece à nova geração um acelerador notavelmente mais imediato e responsivo.

A T120 foi especificamente ajustada para fornecer alto torque, desde a baixa rotação até a faixa intermediária. O motor de dois cilindros e 1200 cm³ com refrigeração líquida, oferece 10,5 kgfm de torque máximo a 3500 rpm e sua potência atinge o pico de 80 CV a 6.550 rpm.

Enfim, ambos os modelos contam com 116 acessórios originais Triumph, permitindo uma fácil personalização.

fotos: divulgação

Galeria Bonneville T120 2021

Galeria Bonneville T120 Black 2021

Para mais informações, acesse o site oficial da Triumph Brasil.

Categorias
Cotidiano Notícias

Zontes apresenta Scrambler de 125cc, a 125G1X: rodas raiadas e pneus sem câmara

A Zontes (fabricante chinesa de motocicletas) apresentou na Europa a 125G1X, uma nova Scrambler de 125cc, que chega com rodas raiadas e pneus sem câmara, além de muita tecnologia.

A Zontes 125G1X possui design retrô com pitada café racer, com farol e retrovisores redondos. Na traseira, a lanterna fica localizada sob o banco, muito comum nas Scramblers.

As capacidades Scrambler da pequena 125G1X ficam evidenciadas pelas modernas rodas raiadas (aros em alumínio, raios em aço) e dos largos pneus de uso misto (mais para off-road), sem câmara.

Além disso, ela conta com barras de proteção do motor/carenagem e sliders laterais.

Apesar de ser de 125cc, ela conta com muita tecnologia. A balança traseira (braço oscilante) é de liga de alumínio, a suspensão dianteira é do tipo invertida, a traseira monoshock e o modelo conta com disco de freios em ambos os eixos com ABS de dois canais.

O coração da Zontes 125G1X é um moderno monocilíndrico de 125 cm³ com refrigeração líquida, capaz de gerar até 14,5 CV de potência máxima e 1,3 kgfm de torque. O câmbio é de 6 velocidades com embreagem deslizante.

A moto conta com tanque de combustível de 20 litros e a empresa diz (no seu site europeu, em italiano), que a autonomia é de até 1.000 km. Francamente, achamos muito, pois a média seria de incríveis 50 km/L e sabemos que, no mundo real, esses números acabam sendo menores. Mesmo assim, se fizer 700-800 km com um tanque já é extraordinário.

Enfim, a Zontes 125G1X é vendida em Portugal por € 3.256 (R$ 21.500), na Itália (versão com rodas em liga de alumínio) por € 2.790 (R$ 18.460) e no Reino Unido por £3,099.99 (R$ 23.800).

Mais sobre a Zontes

A Zontes fabrica motos com desenho moderno e cheias de tecnologia. Seus modelos são vendidos na Europa e em alguns países da America Latina, como Argentina, Peru e Equador, por exemplo.

Um dos principais modelos é a Zontes R310, ‘naked’ de 312cc que disputa mercado com Yamaha MT-03, Kawasaki Z400, BMW G 310 R, entre outras.

O motor da Zontes R310 é um monocilíndrico de 312 cm³ com refrigeração líquida, capaz de gerar até 35 CV de potência máxima @ 9.000 rpm e 3,1 kgfm de torque @ 7.500 rpm. Ele trabalha em conjunto com um câmbio de 6 velocidades e, com isso, a moto é capaz de atingir até 165 km/h de acordo com a fábrica.

Zontes R310

Não há previsão de vendas no Brasil.

fotos: divulgação

fonte

Categorias
Cotidiano Notícias Triumph

Nova família Bonneville 2021 da Triumph é lançada e chega ao Brasil no 2° semestre

A Triumph lançou a nova família Bonneville 2021 e confirmou que as novas motos chegam ao Brasil no 2° semestre de 2021.

As motos 2021 estão ganhando melhor desempenho, novas capacidades, novo visual, equipamentos ainda mais modernos e novos acessórios, reforçando sua vocação para a personalização.

Os novos modelos começam a ser montados na fábrica de Manaus (AM) em junho e devem chegar às 18 concessionárias no segundo semestre, fazendo uma verdadeira revolução no segmento das clássicas.

“Sabemos do gosto do consumidor brasileiro por novidades, e também estamos ansiosos com esta nova família Bonneville. Mas precisamos lembrar aos nossos clientes que estas últimas unidades das clássicas atuais serão comercializadas com condições nunca antes vistas – e podem se tornar a oportunidade de muitos consumidores iniciarem sua trajetória no universo das motocicletas com estilo retrô, mas com tecnologia de ponta”, afirma Renato Fabrini, General Manager da Triumph no Brasil.

Da clássica atemporal Bonneville T120, T120 Black e T100, a elegante e contemporânea personalizada Street Twin e nova edição limitada Street Twin Gold Line, a descontraída Bonneville Speedmaster Cruiser e a pura Bonneville Bobber personalizada, cada uma evoluiu lindamente.

Os destaques da Bonneville 2021

Destaques das Bonneville T120 e T120 Black 2021

Melhoria na performance, melhoria na condução com perda de peso, melhorias e novas tecnologias, estilo e detalhes melhorados, com novas cores.

Destaques da Bonneville T100 2021

Melhoria na performance com motor mais potente, melhoria na condução com perda de peso, estilo e detalhes melhorados, com novas cores.

Destaques da Street Twin 2021

Melhoria na performance, melhoria no conforto, melhorias e novas tecnologias, estilo e detalhes melhorados, com novas cores.

Destaques da Street Twin 2021 Gold Line Limited Edition

Edição limitada com apenas 1000 unidades produzidas, detalhes customizados à mão, além de todas as novidades e melhorias da versão “normal”.

Destaques da Bonneville Speedmaster 2021

Melhoria na performance, melhoria na condução, estilo e detalhes melhorados, com novas cores.

Destaques da Bonneville Bobber 2021

Melhoria na performance, melhoria na capacidade do tanque, estilo e detalhes melhorados, com novas cores.

Triumph Scramblers 2021

Detalhes da nova Triumph Scrambler 1200 XC e XE 2021 serão revelados dia 13 de abril. Já os detalhes da nova Street Scrambler serão anunciados no dia 20 de abril.

fotos: divulgação

Categorias
BMW Notícias

BMW S 1000 RR 2021 chega ao Brasil com nova cor por R$ 110.500

A BMW lançou no Brasil o modelo 2021 da superesportiva S 1000 RR, que chega com uma nova cor exclusiva. O modelo chegou totalmente renovado ao Brasil em 2020, é produzido em Manaus (AM), e conta com 3 anos de garantia de fábrica.

Agora, a S 1000 RR 2021 pode ser adquirida com a nova cor preto metálico, com detalhes em vermelho. O modelo continua sendo oferecido em prata metálico e tricolor motorsport (azul, vermelho e branco).

O preço da BMW S 1000 RR 2021 é R$ 110.500 à vista, conforme informações no site oficial. Além dela, há disponível uma versão com o pacote ‘M’, modelo 2020, que sai por R$ 135.500 à vista.

“A nossa fábrica em Manaus nos permite trazer mais opções aos clientes e atender as demandas locais”, declara Julian Mallea, Diretor da BMW Motorrad no Brasil. “Com essa nova cor, esperamos seguir no atendimento dos desejos do cliente brasileiro”, reforça o executivo.

Como é a nova geração da S 1000 RR

Esta é a terceira geração da S 1000 RR, que chegou ao Brasil em 2020, e recebeu componentes reprojetados, tornando-se, portanto, mais leve e potente que a geração anterior.

De acordo com a marca, a S 1000 RR 2021 ficou 11 kg mais leve e 8 CV mais potente que a geração anterior. Ela pesa apenas 197 kg e possui 207 CV de potência máxima.

Ainda de acordo com eles, apesar de ficar mais leve e potente, ela está “mais dócil e precisa de pilotar graças aos aprimoramentos aplicados ao quadro, ao conjunto da suspensão e aos sistemas eletrônicos de assistência à pilotagem”.

O motor conta com a nova tecnologia “ShiftCam”, está 4 kg mais leve que o anterior e entrega até 207 CV de potência máxima @ 13.500 rpm e 11,5 kgfm de torque @ 11.000 rpm.

Falando sobre o peso, a moto está mais leve e seu peso em ordem de marcha caiu para 197 kg. Se utilizar o pacote “M”, ele cai ainda mais, para 193,5 kg.

A suspensão é nova e teve a geometria afinada, para um melhor manuseio, maior tração e feedback cristalino na faixa limite. De série a moto possui a assistência de troca de marchas Pro, para trocas sem uso da embreagem.

Toda a parte eletrônica foi revisada e melhorada, especialmente o controle de tração dinâmico, controle de empinada, ABS Pro e modos de pilotagem. Além disso, há disponível o controle de largada e limitador de pit lane como opcionais.

Por fim, o painel de instrumentos também é novo e totalmente digital com tela de 6,5″. A iluminação é toda em LED (faróis, lanternas e piscas).

fotos: divulgação

Categorias
Cotidiano Harley Davidson Notícias

Harley-Davidson Pan America 1250 2021 é lançada: BigTrail com motor de 1250cc

A Harley-Davidson lançou nos Estados Unidos a sua aventureira ‘BigTrail’ Pan America 1250 2021, que chega com motor de 1.250 cm³ chamado de Revolution Max e 150 CV.

A Harley-Davidson Pan America 1250 2021 possui um design único, principalmente na parte frontal. De acordo com a marca, há “tecnologia por trás do design”. O farol, em LED, fica numa posição horizontal. Os piscas dianteiros estão localizados mais abaixo, dentro das carenagens laterais, passando a impressão de faróis auxiliares.

Na palavra deles, “a Pan America é uma multi-ferramenta de duas rodas construída para durar, projetada para explorar e para a aventura.”

Há duas versões disponíveis: Pan America 1250 2021 e Pan America 1250 Special 2021. A primeira é o modelo “básico” e a segunda traz, a mais, itens como: suspensão dianteira e traseira semiativa (com altura adaptativa), sistema de monitoramento dos pneus, cavalete central, barras de proteção da carenagem/motor, protetores de mãos, aquecimento das manoplas, entre outros.

As duas versões saem de fábrica com rodas de liga de alumínio, mas existe, como opcional, as rodas raiadas (aro de alumínio, raios de aço), e medem 19 polegadas na dianteira e 17 na traseira. Além disso, os pneus são de uso misto, desenvolvido em conjunto com a Michelin, chamado de Michelin SCORCHER Adventure.

Harley-Davidson Pan America 1250 2021

Conta ainda com suspensão dianteira invertida e freios Brembo, com duplo disco na dianteira, com pinças de 4 pistões.

Conjunto mecânico

A nova Harley-Davidson Pan America 1250 2021 traz um novo conjunto mecânico, composto por um novo motor (que agora faz parte do chassi/quadro), e transmissão final por corrente.

O motor é o novo Revolution Max, um V-Twin a 60° de 1.250 cm³ com refrigeração líquida, capaz de gerar até 150 CV (112 kW) de potência máxima a 9000 rpm e 12,45 kgfm de torque a 6750 rpm. Só para comparar, a nova BMW R 1250 GS Adventure possui 136 CV de potência máxima e 14,5 kgfm de torque.

O câmbio é de 6 velocidades, a capacidade do tanque de combustível é de 21 litros e o peso seco é de 228 kg.

Harley-Davidson Pan America 1250 Special 2021

Tecnologia

A Pan America 1250 2021 possui 5 modos de pilotagem (Sport, Road, Rain, Off-Road e Off-Road Plus), mais um customizável, que permite regular a entrega de potência, o freio motor, o ABS de curva e o controle de tração de curva.

Além disso, a versão ‘Special’ possui suspensão semiativa Showa BFF na dianteira e Showa BFRC na traseira.

O painel de instrumentos é totalmente digital em TFT colorido de 6,8 polegadas, com conexão com Smartphone via Bluetooth. Há ainda tomada USB-C.

Concorrentes e disponibilidade

A Harley-Davidson Pan America chega para competir, principalmente, com BMW R 1250 GS Adventure, Triumph Tiger 1200 XCx, KTM 1290 Super Adventure S, entre outras.

Ela chega às lojas dos Estados Unidos em maio. Os preços são os seguintes: US$ 17.319 (R$ 94 mil) para a Pan America 1250 2021, e US$ 19.999 (R$ 109 mil) para o modelo topo de linha Pan America 1250 Special 2021. Para mais informações, visite o site H-D oficial (em inglês).

De acordo com o G1, essa nova aventureira chega ao Brasil ainda em 2021.

fotos: divulgação

Categorias
Cotidiano Motociclismo MotoGP Notícias

MotoGP | Honda apresenta as motos de Marquez e Espargaro para a temporada 2021

A Honda (Repsol Honda Team) apresentou as motos RC213V de Marc Marquez e Pol Espargaro para a temporada 2021 da MotoGP, num evento totalmente online (pela primeira vez na história da Honda).

Não houve mudanças de cores ou grafismos nas motos, ou seja, segue o mesmo padrão visto na temporada 2020, com a marca e o logo da ‘Repsol’ em destaque nas laterais (parceria renovada). Não há, também, alteração mecânica visível (chassi, balança traseira e suspensão).

Marc Marquez: “Depois de muito tempo fora, foi bom ver a minha moto de novo e vestir a minha pele. 2020 foi um ano difícil para todos e especialmente para mim com a lesão e assistindo as corridas de casa. Mas continuei a trabalhar com os médicos, com a minha equipa e comigo próprio para recuperar e regressar ao MotoGP. Claro, eu gostaria de ter voltado mais cedo, mas é muito importante ouvir os médicos e meu corpo até estar totalmente em forma. Posso imaginar a melhor reviravolta que é voltar a andar com a moto e ser o mesmo, mas vai ser difícil ser assim. Mas veremos se leva uma corrida, duas corridas metade da temporada para ser o mesmo Marc.”

Pol Espargaro: “A preparação para esta época foi uma das mais emocionantes da minha carreira, foi como esperar pela minha primeira época ou pela minha estreia no MotoGP. Pilotar pela Repsol Honda Team é o sonho de qualquer piloto e algo de que se orgulhar. A cada poucas semanas eu dei mais um passo, vendo a bicicleta em minha casa, agora vestindo as roupas de couro. O passo final é rodar com a RC213V pela primeira vez no Qatar, esta emoção está a motivar-me a treinar mais e ser o melhor que posso para o Campeonato do Mundo de 2021. Estou aqui na Repsol Honda Team para ter sucesso e lutar no topo, esta é a meta para 2021.”

Enfim, a temporada 2021 da MotoGP tem atualmente 19 Grandes Prêmios confirmados, e vai começar oficialmente no dia 5 de março no Qatar com um dia de testes reservado para estreantes e pilotos de teste.

fotos: divulgação

Categorias
Cotidiano Notícias

Xiaomi lança Mi Electric Scooter Pro 2 Mercedes-AMG Petronas F1 Team Edition

A Xiaomi, gigante chinesa de eletrônicos, lançou a Mi Electric Scooter Pro 2 Mercedes-AMG Petronas F1 Team Edition, sua patinete elétrica com as cores da equipe na Fórmula 1.

A nova edição combina elementos de design de empresas automotivas líderes com a engenharia avançada de scooter da Xiaomi, oferecendo confiabilidade, estilo e conveniência sem concessões.

Os pilotos podem expressar suas personalidades únicas com os detalhes em azul-petróleo marcantes da Scooter Pro 2 Mercedes-AMG Petronas F1 Team Edition elétrica e a marca AMB distinta perto da roda traseira.

Com o melhor desempenho da sua classe, a scooter totalmente nova pode viajar a uma velocidade máxima de 25 km/h e dura até 45 km com uma única carga.

Embora o design domine, a segurança está em seu núcleo, já que o modelo apresenta um sistema de freio duplo confiável, pneus infláveis com absorção de choque pneumático e display integrado para monitoramento contínuo.

Quando os usuários chegam aonde estão indo, eles podem simplesmente dobrá-lo e armazená-lo convenientemente fora do caminho.

Enfim, a Mi Electric Scooter Pro 2 Mercedes-AMG Petronas F1 Team Edition estará disponível para compra a um preço de varejo recomendado de EUR 799 (R$ 5.340).

fotos: divulgação

fonte

Categorias
Cotidiano Harley Davidson Notícias

Harley-Davidson Pan America será lançada dia 22 de fevereiro

A Harley-Davidson anunciou que a sua aventureira Pan America, será lançada dia 22 de fevereiro. Essa nova “Big Trail” chega com motor de 1.250 cm³ chamado de Revolution Max.

A Pan America foi apresentada no Salão de Motos de Milão (EICMA) 2019, junto com uma naked “streetfighter”, a Bronx, que acabou sendo cancelada.

A Harley-Davidson Pan America 2021 possui um design, digamos, diferente, pelo menos na parte frontal. De acordo com a marca, há “tecnologia por trás do design”.

Na palavra deles, “a Pan America é uma multi-ferramenta de duas rodas construída para durar, projetada para explorar e projetada para a aventura.”

Ela chega equipada com rodas raiadas e pneus off-road (desenvolvido em conjunto com a Michellin), barras de proteção da carenagem/motor, para-brisas alto, protetores de mãos e cárter e transmissão final por corrente.

Conta ainda com suspensão dianteira invertida e freios Brembo, com duplo disco na dianteira, com pinças de 4 pistões.

O motor é o novo Revolution Max, um V-Twin a 60° de 1.250 cm³ com refrigeração líquida, capaz de gerar mais de 145 cv de potência máxima e 12,45 kgfm de torque. Só para comparar, a nova BMW R 1250 GS Adventure possui 136 cv de potência máxima e 14,5 kgfm de torque.

Enfim, essas são as informações divulgadas até o momento. Vamos aguardar o lançamento para termos todos os dados técnicos.

Concorrentes e disponibilidade

A Harley-Davidson Pan America chega para competir, principalmente, com BMW R 1250 GS Adventure e Triumph Tiger 1200 XCx, KTM 1290 Super Adventure S, entre outras.

Deve estar disponível nos Estados Unidos ainda em fevereiro, e na Europa em abril ou maio. De acordo com o G1, essa nova aventureira chega ao Brasil ainda em 2021.

fotos: divulgação

Categorias
Cotidiano Notícias

MXF lança 250 TS 2021 nas comemorações dos 140 anos dos motores dois tempos

A MXF Motors lançou no Brasil o modelo 2021 da 250 TS, que chega com várias novidades. O novo modelo chega nas comemorações dos 140 anos dos motores dois tempos.

O lançamento da MXF Motors do Brasil – montadora de motos off-road com sede em Curitiba (PR) – , mantém como grande vantagem sua simplicidade construtiva: possui menos peças móveis, o que se traduz em respostas e aumento de giro mais rápidos, garantindo alta potência. E claro, mantém o  inconfundível ruído do motor de dois tempos. 

A versão 2021 chega, ainda, com melhorias entre seus componentes e acessórios. Entre as atualizações estão nova curva e ponteira do escape, novo conjunto de suspensões, protetor de bengalas BMS Full Racing, novo pinhão com 11 dentes, novo CDI, novo servo motor, novo filtro de ar e flange da admissão. O novo tanque, com maior capacidade (8L), traz mais autonomia

Diferenciais como partida elétrica, farol em LED, válvula de escape eletrônica, painel digital multifunção, ventilador de radiador com termostato, reservatório de expansão do líquido de arrefecimento, protetor de motor e link integrado, são itens que vêm de fábrica na moto MXF 250 TS.

CONFIRA MAIS NOVIDADES DA MXF 250 TS 2021: 

  • Novo CDI – programação para maior desempenho e controle da válvula de escape.
  • Flange na admissão – otimiza admissão da mistura conferindo melhor torque e desempenho.
  • Protetor de bengala BMS FULL RACING – lançamento exclusivo MXF Motors – mais proteção para suspensões dianteiras, mesmo nas situações mais difíceis.
  • Novo conjunto de suspensões totalmente reformuladas – nova genética de laminação, trabalho de redução de atrito interno, novo ajuste de pré-carga da mola, novo óleo hidráulico, novos retentores, novas bronzinas internas, nova mola traseira, dutos internos com novos diâmetros, novos o-rings internos, by-pass nas válvulas dianteiras e traseiras para melhor performance nos terrenos brasileiros.
  • Novo filtro de ar – maior área de filtragem e durabilidade.
  • Novo servo motor revisado e otimizado para melhor desempenho.
  • Novo pinhão com 11 dentes – maior torque para uma pilotagem mais agressiva.

Mais um pouco sobre os motores dois tempos

O mundo celebra em 2021 os 140 anos do lançamento do primeiro motor comercial dois tempos da história. Criado pelo engenheiro escocês Dugald Clerk, o produto foi patenteado em 1881. Pouco mais de 15 anos depois, a descoberta chegou ao mundo do motociclismo com o designer britânico Alfred Angas Scott, fundador da Scott Motorcycle Company. Ele registrou mais de 50 patentes entre 1897 e 1920 de motores dois tempos destinados às motocicletas. 

O motor é chamado de dois tempos porque executa em apenas um movimento, para cima e para baixo do pistão, o ciclo completo de admissão, compressão, combustão e exaustão. O formato produz mais potência e tem uma entrega mais instantânea. É exatamente por esta razão que os motores dois tempos registram longa história e grandes cases de sucesso, em diferentes tipos de motocicletas.

No Brasil foi realizada até uma competição entre marcas que optavam pelo tipo de motor de dois tempos ou de quatro tempos. É fácil encontrar adeptos aos dois tipos, mas, em termos de arrancada, ainda hoje, os motores de dois tempos largam na frente.

Com o passar do tempo houve evolução nesta categoria de motos, com projetos sofisticados e audaciosos, que visam justamente as competições. Algumas fábricas seguem desenvolvendo tecnologia para motores dois tempos, como a curitibana MXF Motors, que em 2018 lançou o seu primeiro modelo de 250 cilindradas com a motorização: a 250 TS.

Indicada para uso em trilhas off-road e competições esportivas, como o Enduro FIM, de Regularidade e Hard Enduro, o projeto foi desenvolvido com parceiros comerciais de países como Estados Unidos, Austrália e Rússia.

fotos: divulgação

Categorias
Cotidiano Notícias Yamaha

Yamaha pode desenvolver nova esportiva baseada na MT-07, para o lugar da YZF-R6

A Yamaha pode estar desenvolvendo uma nova esportiva baseada na MT-07, para o lugar da YZF-R6, de acordo com rumores.

De acordo com o site motorcyclenews, fontes deles no Japão indicam que o novo modelo pode chegar ainda este ano, no outono do hemisfério norte (primavera no Brasil).

Para quem não sabe, a Yamaha decidiu encerrar a produção da superesportiva YZF-R6, deixando disponível apenas versões para pista.

Com isso, há uma lacuna que precisa ser preenchida, mais precisamente entre a YZF-R3 (de 321cc) e a YZF-R1 (modelo de 1000cc).

A nova esportiva, sendo baseada na MT-07, teria um motor bicilíndrico de 689 cm³, capaz de gerar até 74,8 CV de potência máxima.

Com isso, ela competiria, principalmente, com a Honda CBR 650R e a Kawasaki Ninja 650, sendo divertida com potência sob medida.

Lembramos que, o motor CP2 que equipa a MT-07, também é utilizado em outros modelos, como a Tracer 7 e a Ténéré 700.

Enfim, se este rumor irá se confirmar, teremos que aguardar. A MT-07 é vendida aqui no Brasil por R$ 40 mil, praticamente o mesmo preço da Ninja 650. Acreditamos que uma esportiva (vamos chamá-la de R7), chegaria por R$ 42-43 mil, um pouco abaixo da CBR 650R, que sai por R$ 44,5 mil.

fonte e imagem de destaque

Categorias
Cotidiano Notícias

Nasce mais uma marca de motos e scooters, a Motron, com modelos de 50cc, 125cc e elétricos

O grupo austríaco KSR apresentou uma nova marca de motos e scooters, a Motron Motorcycles, que chega com modelos de 50cc, 125cc, 400cc e elétricos.

O portfólio da nova marca austríaca inclui não apenas motocicletas e scooters clássicas com motor de combustão, mas também três scooters elétricas e uma minibike elétrica, além de modelos de 50cc (as “cinquentinhas”).

Todos os modelos 50cc e elétricos possuem um top speed de 45 km/h, sendo que estes possuem uma autonomia entre 45 a 70 km.

Para todos os modelos, a MOTRON promete uma relação preço-desempenho justa. Os preços introdutórios dos veículos elétricos estão indicados entre € 1.899 (R$ 12.298) e € 2.999 (R$ 19.420). As scooters a combustão de 50 cm³ e 125 cm³ estão disponíveis por € 1.499 (R$ 9.707) – € 2.299 (R$ 14.888). Para as motocicletas, a faixa de preço vai de € 2.799 (R$ 18.126) a € 2.999 (R$ 19.420) na classe das 125cc, e um preço de € 4.999 (R$ 32.374) é mostrado para a Warrior 400.

Os preços acima em reais são apenas para referência. Lembramos que os preços na Europa são um pouco mais altos que os modelos similares no Brasil. Só para ter uma ideia, a Honda CB 125F, uma espécie de CG 125, é vendida na Alemanha por € 2.444 (R$ 15.827).

Motron X-Nord 125

No quesito moto, a principal que chamou atenção foi a Motron X-Nord 125, uma ‘crossover’ de 125cc feita para uso urbano mas que permite pegar uma estradinha de terra batida leve. As suspensões são de longo curso, mas as rodas são de 17 polegadas e de liga de alumínio.

O motor da X-Nord 125 é um monocilíndrico de 125 cm³ com refrigeração líquida, capaz de gerar até 9,3 kW (12,47 CV) de potência máxima e 0,97 kgfm de torque @ 5500rpm.

Motron Revolver 125

Além da crossover X-Nord 125, há uma custom bobber de 125cc chamada de Revolver 125 e uma “scrambler” de 400cc chamada de Warrior 400.

As vendas dos novos modelos MOTRON se concentrarão inicialmente no mercado europeu, começando na Alemanha, Áustria, Suíça, Itália, Espanha, França, Bélgica, Holanda e Grécia. A rede de distribuição será expandida para outros países europeus no decorrer de 2021. Não há informação de venda em outros mercados.

Motron Warrior 400

fotos: divulgação

fonte1 e fonte2

Categorias
Cotidiano Honda Notícias

Honda lança CB350RS 2021 na Índia: clássica com toque moderno e esportivo

A Honda lançou na Índia a nova CB350RS 2021, sua moto com estilo clássico, mas com um toque moderno e esportivo. Ela chega para complementar a linha, que já conta com a totalmente clássica H’ness CB 350.

A nova Honda CB350RS 2021 traz uma pitada de estilo retrô e também de scrambler, com largos pneus de uso misto e protetores de bengalas (ou, no popular, sanfonas, ou ainda, coifa guarda-pó).

Além disso, ela traz para-lamas esportivos, piscas em LED com formato esportivo (utilizado nas demais motos da marca), lanterna traseira (também em LED) embutida sob o assento, e faixa decorativa sobre o tanque de combustível.

A Honda CB350RS chega com duas opções de cores: Preto com Amarelo (pintura em dois tons) e Vermelho-metálico (apenas um tom, mas com a faixa decorativa sobre o tanque).

Clássica mas cheia de tecnologia

A Honda CB350RS chega cheia de tecnologia, apesar do visual clássico, trazendo modernidade e toque esportivo/scrambler, na categoria de média cilindrada.

Ela conta com o seletor de torque Honda Selectable Torque Control (HSTC), embreagem assistida e deslizante no câmbio de 5 velocidades, freios ABS de dois canais, iluminação em LED e painel analógico com informações digitais.

Além disso, traz conexão com Smartphone Honda Smartphone Voice Control system (HSVCS), botão Start/Stop e pneus largos de uso misto (100/90-19 na dianteira e 150/70-17 na traseira). As rodas são de liga de alumínio com 7 raios em ‘Y’.

O motor é um monocilíndrico de 350 cm³ com injeção eletrônica de combustível, capaz de gerar até 21 CV de potência máxima e 3,0 kgfm de torque a apenas 3.000 rpm. Na categoria, não é focado em potência e sim em torque, principalmente em baixas rotações.

A Honda CB350RS conta com altura livre do solo de 168mm, peso em ordem de marcha de 179 kg, altura do assento de 800mm e capacidade do tanque de combustível de 15 litros.

Enfim, não há informação se este modelo será vendido em outros mercados.

fotos: divulgação

fonte

Veja também os Mais Populares: