Produção e vendas da Harley-Davidson LiveWire são retomadas

Compartilhar

A Harley-Davidson informou que irá retomar a produção da LiveWire, sua primeira moto elétrica. Ela tinha interrompido a produção da LiveWire após a descoberta de uma falha nas verificações finais de qualidade.

Ela tinha informado ter encontrado uma “condição fora dos padrões”, provavelmente na recarga das baterias.

Agora, a empresa informa que concluiu “uma análise rigorosa”, e que as entregas da LiveWire serão retomadas. A Harley ainda afirma que “os clientes podem continuar andando com a moto e podem carregá-la através de todos os métodos disponíveis para isso”.

A LiveWire ainda não é vendida no Brasil, mas está planejada para chegar em 2020.

Como é a Harley-Davidson LiveWire

De acordo com a marca, essa é a primeira de uma linha totalmente elétrica, e que oferece aceleração emocionante, manuseio ágil, materiais e acabamentos premium e um conjunto completo de ajudas e interfaces eletrônicas para uma experiência totalmente conectada.

harley davidson livewire

A LiveWire 2020 acelera de 0 a 100 km/h em aproximadamente 3,5 segundos e possui uma autonomia de 110 milhas (177 km) com apenas uma carga. Como não possui embreagem ou marchas, basta apenas girar o acelerador para arrancar, com torque instantâneo.

De acordo com eles, essa moto foi feita para ser divertida de guiar, com um centro de gravidade extremamente baixo, devido ao posicionamento de seu motor e bateria. Além disso, conta com controles eletrônicos, como o ABS de curva e controle de tração, entre outros.

Enfim, nos Estados Unidos, a LiveWire é vendida por US$ 29.799 (R$ 123.000) e está prevista para chegar ao Brasil em 2020.

fotos: divulgação

fonte1

Veja também os Mais Populares:

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo made with DesignEvo