Venda de motos no Brasil recua em fevereiro de 2020

Compartilhar

A venda de motos no Brasil em fevereiro de 2020, recuou 12,98%, comparando com o mês anterior, segundo dados de emplacamentos da Fenabrave. No acumulado, a queda foi de 1,96%.

Em fevereiro, foram emplacadas 79.782 unidades, contra 91.686 no mês anterior, uma queda de 12,98%. Contra o mesmo mês do ano passado, a queda foi de 5,23% e no acumulado (janeiro-fevereiro) contra o mesmo período do ano passado, a queda foi de 1,96%.

Uma das explicações para a “queda” expressiva em fevereiro, comparando com janeiro, é a menor quantidade de dias úteis, que foi de 19, contra 22 em janeiro. Com isso, a média de emplacamentos por dia útil foi de 4.199 em fevereiro contra 4.168 em janeiro, mostrando que este foi o principal impacto. Outro ponto a considerar foi a adoção da Placa Mercosul em todo o Brasil (prazo para implantação terminou dia 17 de fevereiro), o que gerou alguns atrasos nos emplacamentos.

Considerando tudo isso, continua a expectativa de crescimento para este ano, com alta esperada de 6%.

Enfim, a Honda continua na liderança folgada, com 78,1% de participação de mercado no acumulado, e sua moto mais vendida continua sendo a CG 160 (modelo 2020 já anunciado), que possui 27,7% de todas as motos vendidas.

fonte: Fenabrave

Veja também os Mais Populares:

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo made with DesignEvo