Suzuki V-Strom 1050 XT 2022 é lançada no Brasil. Confira todos os detalhes e preço

Compartilhar

A Suzuki lançou hoje (06) no Brasil a sua nova Bigtrail V-Strom 1050 XT 2022, modelo que chega com novo design inspirado na DR-Z e DR-BIG, e mais potente e tecnológica que o modelo anterior.

De acordo com a empresa, ela já está disponível, apenas na versão ‘XT’, com preço público sugerido a partir de R$ 84.900,00. As opções de cores são as seguintes: Preto, Amarelo e Laranja.

A versão ‘XT’ é equipada de série com vários equipamentos exclusivos. Além de suas rodas raiadas e uma gama completa de auxiliares eletrônicos, ela também é equipada com uma cobertura de alumínio do cárter, barra de acessórios inferior, piscas de LED, protetores de mãos, para-brisa ajustável, assento ajustável, cavalete central e tomada 12V.

suzuki v-strom 1050 xt brasil

Design

Uma das principais características da nova Suzuki V-Strom 1050 XT 2022 é o design, que foi inspirado na lendária DR-Z (protótipo de corrida no deserto) e no modelo de produção DR-BIG. O “bico” está presente e os esquemas de cores são uma homenagem aos modelos citados. O desenho é agressivo, com linhas mais retas e ângulos definidos.

Ela recebeu um farol retangular, com iluminação em LED empilhado verticalmente. Aliás, no modelo ‘XT’, farol, lanternas e piscas são em LED. De acordo com a empresa, por ser em LED, que é mais brilhante, o conjunto ilumina claramente a estrada à frente e a área circundante para excelente visibilidade.

Motor, câmbio e chassi

A nova V-Strom 1050 XT 2022 ganhou um novo motor que também recebeu atualizações. Ele conta com 2 cilindros em ‘V’ a 90˚, 1.037 cm³, DOHC e refrigeração líquida, e é capaz de gerar até 107 CV (79 kW) de potência máxima a 8.500 rpm e 100 Nm (10,2 kgfm) de torque a 6.000 rpm.

Além disso, ela é equipada com câmbio de 6 velocidades, embreagem assistida e deslizante, corpos de borboleta eletrônicos, assistente para RPM baixa, duas velas por cilindro e óleo com refrigeração líquida.

suzuki v-strom 1050 xt brasil amarela

O chassi é leve, compacto e fino que, mesmo com um prático tanque de combustível de 20 litros, permite ao motociclista colocar facilmente os pés no chão quando estiver parado.

A suspensão dianteira invertida KYB é totalmente ajustável, tanto na pré-carga da mola quanto no amortecimento de compressão/recuperação. A suspensão traseira é um mono-amortecedor do tipo ‘bottom link’ e a pré-carga pode ser ajustada simplesmente girando o botão de fácil acesso com a mão.

Por fim, as rodas raiadas (19″ na dianteira e 17″ na traseira) são equipadas com pneus com as seguintes medidas: 110/80-19 na dianteira e 150/70-17 na traseira. No quesito frenagem, ela conta com duplo disco de freio de 310 mm (flutuantes) na dianteira, com pinças monobloco Tokico montadas radialmente.

Tecnologia

Tecnologia é o que não falta na nova V-Strom 1050 XT. Ela recebeu o chamado Suzuki Intelligent Ride System (S.I.R.S.), que inclui: sistema de controle em subida, sistema de controle dependente de declive e sistema de controle dependente de carga que auxiliam na frenagem, sistema de controle de velocidade de cruzeiro, o Suzuki Drive Mode Selector (SDMS) e o sistema de controle de tração, além do sistema ABS.

Os sistemas são alimentados por um novo acelerador eletrônico ‘ride-by-wire’ e um sensor IMU de 6 direções e 3 eixos.

Além disso, o painel de instrumentos é novo, totalmente digital em LCD com fundo invertido. Ele possui informações como velocímetro, tacômetro, indicador de marcha, hodômetro, trip A e B, consumo instantâneo e médio, quantidade de combustível, temperatura do sistema de refrigeração, relógio e voltagem, entre outros.

Enfim, para mais informações, acesse https://suzukimotos.com.br/.

fotos: divulgação

Compartilhar

Marcelo Souza

Autor, Editor e Administrador do site MotoNews Brasil, formado em Ciências Contábeis, apaixonado por motos e tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo created by DesignEvo logo maker