MotoGP URGENTE | Dani Pedrosa corre como ‘wildcard’ no GP da Estíria

Compartilhar

Dani Pedrosa, atualmente piloto de testes da Red Bull KTM Factory Racing na MotoGP, irá correr como ‘wildcard’ no GP da Estíria, no dia 8 de agosto.

O espanhol de 35 anos e lenda da MotoGP, não disputa uma corrida pela categoria desde 2018, quando decidiu se aposentar. A partir dali, se tornou piloto de testes da marca austríaca e ajudou no desenvolvimento da competitiva moto KTM RC16.

Pedrosa diz que a corrida no GP da Estíria será para obter mais dados no desenvolvimento da moto, e que testará mais peças e configurações.

Apesar disso, ele diz que tentará aproveitar o fim de semana o máximo que puder.

Dani Pedrosa: “Foi muito interessante fazer parte deste projeto desde o início com a KTM na MotoGP e poder partilhar a minha experiência com eles. Passo a passo, fizemos o melhor que podíamos e agora é interessante novamente entrar em uma corrida porque dá a você uma perspectiva diferente em comparação com um teste normal. Já se passou muito tempo desde a minha última corrida e, claro, a mentalidade de um GP é muito diferente de um teste.”

“O meu foco para o GP da Estíria é tentar testar o que temos na moto em situação de corrida. Desejo compreender os pedidos que os pilotos podem ter para diferentes sessões e características técnicas. Assistindo de casa posso sentir as melhorias nas motos e as corridas, mas para entender mais sobre a MotoGP agora, as novas tecnologias e como correr e usar estratégias contra os outros faremos este wildcard. É difícil falar sobre minhas expectativas depois de estar tão longe das competições. Talvez tudo se encaixa em uma mentalidade de corrida ou não, mas vamos tentar aproveitar o fim de semana o máximo que pudermos.”

pedrosa ktm motogp

Mike Leitner (Red Bull KTM Race Manager): “Será curioso ver o Dani na MotoGP novamente. Ele está afastado das corridas há muito tempo, mas será valioso tê-lo na garagem do Red Bull Ring para analisar os pontos fortes e não tão fortes do nosso pacote KTM RC16 em condições de GP e isso vai dar-lhe uma boa indicação para o seu trabalho de testes. Dani teve uma grande influência no nosso projeto de MotoGP graças a toda a sua experiência.”

“A empresa estava trabalhando e se esforçando muito para atender aos seus pedidos, junto com o do Mika [Kallio]. Dani foi uma boa referência, pois se aposentou no final de 2018 ainda no topo do esporte e podemos ver um pouco de sua influência no sucesso atual da KTM RC16. Ele terá uma mistura da moto de corrida atual e algumas pequenas atualizações e terá alguns testes para fazer durante o fim de semana, mas também não queremos sobrecarregá-lo. Queremos que ele aproveite o Grande Prêmio! Há muitos pilotos jovens e fortes na MotoGP no momento, então ele estará ocupado, mas esta é uma boa maneira para ele aprender mais e sentir a atual referência no esporte e isso nos ajudará em testes futuros.”

Enfim, a categoria ainda está de ‘férias’, e só volta no dia 08 de agosto, com o GP da Estíria, no Circuito Red Bull Ring, em Spielberg. No Brasil, a transmissão acontece ao vivo nos canais FoxSports (que agora faz parte do grupo ESPN).

fonte

fotos: divulgação

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo created by DesignEvo logo maker