Moto x Scooter: entenda as principais diferenças

Compartilhar

As scooters são cada vez mais numerosas em nossas ruas. O segmento está bombando! Novidades uma atrás da outra vem surgindo o que atrai cada vez mais novos usuários.

A Honda, por exemplo, possui uma linha diversificada de scooters e, recentemente, lançou no Brasil a ADV 150, sua scooter aventureira de 150 cc. Compõem a linha: Elite 125, PCX 150, ADV 150, SH 150i, SH 300i e X-ADV.

Pessoas que talvez nem cogitassem ter uma motocicleta, mas que se sentem animadas em entrarem para o mundo das duas rodas ao guidão de uma scooter.

Não há dúvida que as scooters são máquinas atraentes, porém, é importante saber o que exatamente as diferencia das motocicletas, buscar entender melhor os pontos positivos de um e de outro veículo, para assim, poder escolher qual o guidão certo para você, o que melhor vai atender suas necessidades. Vamos lá?

CÂMBIO – O câmbio das scooters é automático, enquanto nas motocicletas o condutor deve lidar com a embreagem e a alavanca de câmbio. Complicado? Não, mas certamente as scooters facilitam a vida, basta acelerar, um sossego só. Porém, o câmbio convencional das motos tem suas vantagens: ele oferece um desempenho melhor nas acelerações, nas localidades com muitos aclives e permite usar o motor como freio, reduzindo marchas.

honda cg 160 titan s 2020

PROTEÇÃO – As scooters têm escudo frontal que protege as pernas contra sujeira, chuva e respingos. Além disso, há muitos modelos equipados com para brisa. Já nas motos, quem pilota fica mais exposto, mas a ausência da carroceria representa em menor custo de reparação em caso de pequenos tombos.

CAPACIDADE DE CARGA – Toda scooter, da Elite 125 a poderosa X-ADV 750, tem um amplo compartimento sob o assento. Esta é uma vantagem que a maioria das motos só consegue rebater se for equipada com um bauleto.

PILOTAGEM – As scooters são projetadas para oferecer uma pilotagem fácil, em uso prioritariamente urbano. Em geral, suas rodas são menores que as das motos, o que as deixa mais ágeis nas mudanças de direção feitas em baixa velocidade, mas também mais sensíveis aos buracos. Já as motos, possuem uma outra “pegada”, sendo melhores no uso em vias expressas e rodovias.

DESEMPENHO – Com motores equivalentes, motos sempre terão um desempenho dinâmico ligeiramente melhor que o das scooters. Parte disso se deve ao já citado sistema de transmissão, outro aspecto é relativo ao peso, maior nas scooters.

honda elite 125 2020

USO PRÁTICO – Para iniciantes as scooters são mais fáceis, tanto por serem motos automáticas como por serem em geral mais baixas. Além disso são compactas e mais fáceis de estacionar. Já as motos, são mais indicadas para uso intenso, para o trabalho ou para trajetos mais longos.

Resumindo, a boa escolha depende do uso. Os itens acima definem as diferenças básicas, agora resta a você somar essas informações com o tipo de utilização que você pretende dar ao seu veículo de duas rodas.

Nesta hora, a melhor coisa a se fazer, é usar a cabeça e não o coração, e escolher o modelo que vai atender suas necessidades da melhor maneira possível.

fotos: divulgação

conteúdo original: https://www.honda.com.br/motos/blog/moto-x-scooter-entenda-diferencas

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo made with DesignEvo