Honda CBR 1000RR-R Fireblade 2022 ganha atualizações mecânicas e Edição Limitada na Europa

Compartilhar

A Honda lançou na Europa o modelo 2022 da CBR 1000RR-R Fireblade e Fireblade SP, sua superesportiva mais potente da história, que chega com atualizações mecânicas e uma Edição Limitada em comemoração ao aniversário de 30 anos da Fireblade.

As principais atualizações para 2022 são as seguintes: portas de admissão, caixa de ar, funis da caixa de ar e seção intermediária do escapamento foram revisados para fornecer mais potência e torque em rotações intermediárias; a coroa traseira da transmissão final ganhou 3 dentes, e agora é de 43 dentes, para uma aceleração mais forte em cada relação; e o Controle de Torque Selecionável Honda (HSTC) também foi otimizado.

No quesito design não há mudança mas agora a CBR 1000RR-R Fireblade SP sai com as rodas douradas, em ambas as cores disponíveis e que foram mantidas: Tricolor (Grand Prix Red) e Preto Perolizado (Pearl Morion Black).

Além disso, foi lançada uma Edição Limitada, chamada de Fireblade SP 30Th Anniversary, com as cores Branco, Azul e Vermelho, e grafismos que prestam uma homenagem à Fireblade de 1992, a moto esportiva que deu início a tudo há 30 anos.

honda cbr 1000rr-r fireblade sp 2022 europa 30 anos frontal

Como é a CBR 1000RR-R Fireblade SP

A Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP é a versão topo de linha, com suspensões Öhlins, freios Brembo Stylema, além de opções para customizar os modos de potência, freio motor, HSTC e controle de empinada.

Ela foi lançada em 2020, praticamente uma nova moto, com novo motor derivado da MotoGP, novos controles eletrônicos, novo quadro de alumínio e nova balança traseira, além de novas suspensões e design atualizado.

Além disso, ganhou ‘asas’ aerodinâmicas, também derivadas da MotoGP, para gerar mais aderência nas frenagens e nas curvas e reduzir as empinadas.

Por fim, o design ficou ainda mais esportivo e agressivo, com o tanque colocado numa posição mais baixa, diminuindo, consequentemente, a área frontal, e a nova carenagem e o para-brisa ficaram menos inclinados (35°), diminuindo o arrasto e o coeficiente aerodinâmico.

Motor e Chassi

O motor da CBR 1000RR-R Fireblade SP 2022, continua o mesmo do modelo anterior. Ele também é derivado da MotoGP, e utiliza o mesmo diâmetro e curso da RC213V de Marc Marquez, sendo que, várias peças (como válvulas e pistões, por exemplo), são os mesmos.

honda cbr 1000rr-r fireblade sp 2022 europa preta

Este motor é de quatro cilindros em linha e 1000 cm³ com refrigeração líquida, capaz de gerar até 160 kW (214,6 CV) de potência máxima a 14.500 rpm e 112 Nm (11,5 kgfm) de torque 12.500 rpm. Ele trabalha em conjunto com um câmbio de 6 velocidades com sistema de trocas rápidas de marcha, o ‘QuickShifter’.

Além disso, o sistema de suspensões eletrônicas Öhlins S-EC – Semi active Electronic Control é de segunda geração, com a suspensão dianteira de 43 mm Öhlins NPX pressurizada, e o amortecedor traseiro Öhlins TTX36 Smart-EC.

Por fim, ela conta com pinças dianteiras de freio radiais Brembo Stylema de quatro pistões, e discos com diâmetro de 330 mm, além de pneu traseiro de medida 200/55-17.

Principais atualizações eletrônicas para 2022

A eletrônica da CBR 1000RR-R Fireblade foi uns dos pontos atualizados para 2022, com foco na suavização da intervenção, ao mesmo tempo que ela trabalha mais rápido.

Veja as principais abaixo:

  • Software Honda Selectable Torque Control (HSTC) atualizado para gerenciamento de tração mais suave, com feedback dos pilotos da HRC
  • A carga da mola de retorno do acelerador eletrônico é mais leve para uma entrega mais linear
  • Quick Shifter atualizado para mudanças de marcha mais rápidas e suaves
honda cbr 1000rr-r fireblade sp 2022 europa tricolor lateral direita

Tecnologia

A Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP 2022 conta com controle de levantamento da roda traseira (Rear Lift Control), ABS de curva (Cornering ABS), Controle de Largada (Launch Control), Controle de Tração (HSTC – Honda Selectable Torque Control) com 9 níveis de atuação, Controle de Empinada (Wheelie Control), Controle de Freio Motor (Engine Brake) e Modos de Potência.

O painel é totalmente digital em TFT colorido de 5″ e ela vem equipada com sistema Smart Key, pelo qual a ignição e a trava da direção funcionam sem necessidade da chave.

Enfim, não há previsão para essas atualizações serem aplicadas no modelo brasileiro. Para mais informações sobre a Honda Motos Brasil, acesse o site https://www.honda.com.br/motos/.

fotos: divulgação

Compartilhar

Marcelo Souza

Autor, Editor e Administrador do site MotoNews Brasil, formado em Ciências Contábeis, apaixonado por motos e tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo created by DesignEvo logo maker