WorldSBK | URGENTE: Alvaro Bautista deixa a Ducati e vai para a Honda

O piloto espanhol Alvaro Bautista, irá deixar a Ducati (ARUBA.IT Racing – Ducati) no final de 2019, para correr pela Honda (HRC) em 2020, pelo mundial de superbike WorldSBK.

Com um projeto novo e totalmente apoiado pela Honda Racing Corporation, a equipe para o mundial de superbike em 2020 irá praticamente começar do zero.

Esta foi uma das razões para Bautista aceitar esse novo desafio. Ele espera desenvolver a moto durante as férias de inverno na Europa (verão no Brasil), e começar 2020 bem competitivo, trazendo a marca japonesa novamente à vitória na categoria.

“Estou muito feliz, porque acredito muito no novo projeto da HRC. Eles querem voltar ao campeonato mundial de Superbike como uma equipe completa de fábrica, então isso me motivou muito. Entrar na fábrica da HRC é muito importante, pois é uma fábrica importante e deseja vencer novamente no WorldSBK. O desafio para o próximo ano será muito difícil, mas com certeza tentarei usar minha experiência no campeonato mundial de Superbike desta temporada para desenvolver a moto e, esperançosamente, lutar por vitórias”, disse Bautista.

“Começamos com a nova moto e um novo projeto, e estávamos vencendo muitas corridas” (falando sobre a Ducati). “Não foi fácil (sair da Ducati e ir para a Honda), mas o projeto que a HRC me ofereceu me motivou muito, pois começaremos do zero. Eu me sinto uma das pessoas mais importantes deste projeto”, complementou.

Já o presidente da HRC, Yoshishige Nomura, disse: “Estamos muito felizes em receber Alvaro Bautista em nosso projeto de corrida WorldSBK para o próximo ano. Sua chegada à família de corridas Honda destaca nosso forte compromisso de competir com força total em todas as categorias de automobilismo, lutando para alcançar os melhores resultados esportivos e buscando as melhores inovações tecnológicas, a fim de oferecer aos nossos fãs e clientes diversão, alegria e excelentes produtos.”

“Álvaro é um piloto muito rápido e experiente, que já demonstrou sua forte atitude e competitividade nos anos de MotoGP e em sua primeira temporada no campeonato WorldSBK. Estamos confiantes de que ele dará uma contribuição significativa ao crescimento e desenvolvimento de nosso projeto no emocionante e desafiador Campeonato Mundial de Superbike”, complementou.

Enfim, o mundial de superbike WorldSBK volta neste fim de semana (27-29 de setembro), com o GP da França. No Brasil, a transmissão ao vivo acontece no sistema de streaming DAZN, que fechou um contrato de 3 anos.

fotos: divulgação

Veja também os Mais Populares:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo made with DesignEvo