Honda Forza 750 ganha ‘Red Dot 2021’ por alta qualidade de design

Compartilhar

A Honda Forza 750, scooter luxuosa de 750 cc da marca, ganhou o prêmio ‘Red Dot 2021’, na categoria ‘design de produto’. Além da scooter, a empresa ganhou também com dois carros híbridos, o Jazz e o Jazz Crosstar.

Os prêmios anuais ‘Red Dot’ homenageiam a excelência em design de produtos, marcas e comunicação de empresas internacionais, com os produtos vencedores apresentados no Red Dot Design Museum no histórico Design Zentrum Nordrhein Westfalen em Essen, Alemanha.

Os produtos vencedores são decididos por um painel de jurados composto por 50 especialistas internacionais que testam, avaliam e discutem cada entrada.

Os critérios de julgamento são reavaliados e adaptados a cada ano para refletir os mais recentes requisitos técnicos, sociais, econômicos e ecológicos.

Lançada em 2020, a novíssima Honda Forza 750 coroa a famosa linha Forza de scooters de luxo, que combinam níveis ‘GT’ de conforto e presença na estrada com desempenho esportivo e ágil em um pacote premium extremamente elegante.

forza 750 2021

O design possui linhas que lembram a Forza 300, mas o conjunto ótico possui características próprias, com faróis separados e duas linhas de LED para iluminação diurna. Já os piscas estão embutidos nas carenagens laterais, como os da pequena Elite 125.

O motor é um bicilíndrico de 745 cm³ capaz de gerar até 58 CV de potência máxima e 6,93 kgfm de torque. Além disso, ela conta com câmbio automatizado de dupla embreagem (DCT – Dual Clutch Transmission), ao invés do tradicional CVT utilizado em scooters.

“Tivemos outro ano de sucesso, recebendo vários prêmios na categoria Design de Produto dos prêmios de design Red Dot mundialmente reconhecidos”, disse Toshinobu Minami, Diretor de Operações, Centro de Design, Honda R&D Co. Ltd.,

“Desde o nosso estabelecimento, nós da Honda sempre buscamos refletir a ideia de ‘tornar a vida diária dos clientes mais agradável’ em nosso design de produto, e acreditamos que receber esses prêmios é um reconhecimento de nosso sucesso em fazer isso. Continuaremos a seguir este princípio imutável, pensando ‘fora da caixa’ para projetar produtos que proporcionem ‘surpresa e entusiasmo’ para a vida dos clientes.”

Red Dot 2020 para CBR 1000RR-R Fireblade SP

Em 2020, a Honda também ganhou o ‘Red Dot’ com a nova superesportiva CBR 1000RR-R Fireblade SP, ou seja, foi a primeira moto Honda a ganhar o prêmio internacional de design.

A CBR 1000RR-R Fireblade SP é a mais recente máquina a carregar a placa de identificação da Fireblade, que foi introduzida pela primeira vez em 1992.

A área frontal minimalista, as carenagens laterais em ângulo agressivo e as carenagens inferiores estendidas – além de uma variedade de aberturas, fendas e formas de canalização de ar – combinam-se para criar o melhor valor de coeficiente de arrasto de 0,270 da categoria.

honda cbr 1000rr-r fireblade 2020

‘Asas’ e motor vieram da MotoGP

As ‘asas’ aerodinâmicas usadas nas motos da marca na MotoGP, combinam forma atraente com função intransigente, aumentando enormemente a força e a estabilidade para um controle final do mais poderoso motor de quatro cilindros em linha que a Honda já fabricou.

O novo motor, também derivado da MotoGP, utiliza o mesmo diâmetro e curso da RC213V de Marc Marquez, sendo que, várias peças (como válvulas e pistões, por exemplo), são os mesmos, tanto na moto de rua como de competição. Além disso, foi reduzido o atrito interno em aproximadamente 35%.

Com isso, a nova CBR 1000RR-R Fireblade SP é capaz de gerar até 215 CV de potência máxima a 14.500 rpm e 11,5 kgfm de torque a 12.500 rpm.

fotos: divulgação

Compartilhar

Marcelo Souza

Autor, Editor e Administrador do site MotoNews Brasil, formado em Ciências Contábeis, apaixonado por motos e tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo made with DesignEvo