16 motos e scooters usadas que você consegue comprar com R$ 8 mil em 2021

Compartilhar

O brasileiro está comprando mais motos e scooters mas, devido à pandemia do novo coronavírus, os preços dos modelos 0 km aumentaram expressivamente, e os salários permanecem praticamente os mesmos.

Então, vamos apresentar 16 opções de motos e scooters usadas que você consegue comprar com apenas R$ 8 mil em 2021.

Para fins de critérios, somente modelos de 2008 até o presente estarão nesta lista e a escolha delas foi baseada no custo/benefício.

Algumas das motos apresentadas aqui podem não ser as mais populares e talvez não são tão fáceis de achar. Todas elas você pode encontrar em sites como Webmotors, OLX e Facebook Marketplace.

O levantamento de preços foi feito em fevereiro de 2021 na região metropolitana de São Paulo, e você deve checar a procedência e o estado delas antes de fechar negócio.

Alertamos que você não deve realizar nenhum pagamento ou transferência antes de ver o produto pessoalmente. Cuidado com os golpes!

125 cc

1 – Honda BIZ 125 EX (2014)

honda biz 125 ex 2014

A Honda BIZ 125 EX 2014 é uma CUB, ou seja, traz características de moto com praticidade de scooter. Traz câmbio semiautomático de 4 marchas (típico das CUB) e roda grande de 17 polegadas na dianteira, o que permite uma condução mais confortável e segura nas nossas ruas esburacadas. O motor de 125 cm³ com injeção eletrônica, é capaz de gerar até 9,1 CV de potência máxima.

Pontos positivos: Grande quantidade de peças, resistência, peças baratas e mecânica simples.

Ponto negativo: Tanque de combustível pequeno, apenas 5,5 litros.

2 – Honda Elite 125 (2019)

honda elite 125 2019

A Honda Elite 125 2019 é uma scooter moderna. Ela possui um design inovador, e traz câmbio automático do tipo CVT, painel 100% digital, iluminação em LED, porta-objetos sob o banco e freios CBS (Combinados). O motor de 125 cm³ com injeção eletrônica, é capaz de gerar até 9,34 CV de potência máxima.

Pontos positivos: Fácil de pilotar, econômica, tanque de combustível razoável (6,4 litros) e mecânica robusta.

Ponto negativo: Pouco espaço sob o banco (cabe apenas 1 capacete) e rodas pequenas (12″ na dianteira e 10″ na traseira), o que prejudica a pilotagem nas nossas ruas esburacadas.

3 – Yamaha NEO 125 (2019)

yamaha neo 125 ubs 2020

A Yamaha NEO 125 2019 também é uma scooter moderna, rival da Honda Elite 125. Apesar disso, ela chegou bem antes ao Brasil (em 2017) e também possui um design inovador. O câmbio é automático do tipo CVT, o farol é em LED, porta-objetos sob o banco e freios UBS (Unificados). O motor de 125 cm³ com injeção eletrônica, é capaz de gerar até 9,8 CV de potência máxima.

Pontos positivos: Fácil de pilotar, econômica, rodas grandes (14 polegadas) e mecânica robusta.

Ponto negativo: Pouco espaço sob o banco (cabe apenas 1 capacete) e tanque de combustível minúsculo (apenas 4,2 litros).

150 cc

4 – Honda CG 150 Titan EX (2014)

honda cg 150 titan ex 2015

Considerada por muitos como o melhor design feito pela Honda na linha Titan moderna, a CG 150 Titan EX modelo 2014 agrada pelo visual. Ela possui uma combinação de cores em branco, vermelho e azul que a deixa elegante. O desenho do farol e rabeta deixa-a harmoniosa. O motor de 150 cm³ gera até 14,3 CV de potência e é flex.

Pontos positivos: Grande quantidade de peças, resistência, peças baratas e mecânica simples.

Ponto negativo: Alto índice de roubos.

5 – Honda PCX 150 (2014)

honda pcx 150 2014

A scooter mais vendida da Honda, a PCX 150 modelo 2014 possui visual moderno, painel com velocímetro analógico e tela LCD e sistema ‘Idling Stop’, que desliga o motor nas paradas dos semáforos, economizando combustível. Ela possui câmbio automático do tipo CVT, ou seja, basta apenas acelerar e frear. O motor de 149,3 cm³ com refrigeração líquida gera até 13,1 CV de potência.

Pontos positivos: Confiável, confortável e fácil de pilotar.

Ponto negativo: Por ser a mais vendida, é a mais visada para roubos.

6 – Haojue DK 150 (2019)

A Haojue DK 150 é uma moto de 150 cc vendida nas concessionárias Suzuki. Traz design atual e moderno, cores vibrantes, painel 100% digital em LCD, motor econômico e freios CBS (combinados). O motor de 150 cm³ com carburador, é capaz de gerar até 11,27 CV de potência máxima.

Pontos positivos: Econômica, mecânica simples e robusta, e qualidade dos materiais.

Ponto negativo: Pouca potência.

7 – Yamaha Factor 150 ED (2017)

yamaha ybr 150 factor ed 2017

A Yamaha Factor 150 ED 2017 é uma das motos com o melhor custo/benefício da marca, contando com o confiável motor de 150 cc da Yamaha. Traz design atual, painel 100% digital com iluminação em LED (com indicador de marcha), e pilotagem confortável. O motor de 150 cm³ com injeção eletrônica, é capaz de gerar até 12,4 CV de potência máxima (com Etanol).

Pontos positivos: Econômica, mecânica simples e robusta, e qualidade Yamaha.

Ponto negativo: O modelo 2017 não possui os freios Unificados ou Combinados.

8 – Yamaha Fazer 150 (2016)

yamaha ys 150 fazer 2016

Outra opção da Yamaha, a Fazer 150 2016 é um pouco mais “equipada” que a Factor, e também conta com o confiável motor de 150 cc da Yamaha. Ela traz design um pouco mais “esportivo” com mais carenagem, cores exclusivas, mola da suspensão traseira na cor amarela, alça do garupa em alumínio, pedaleiras recuadas, guidão um pouco mais baixo, e painel com conta-giros analógico e tela LCD (com indicador de marcha). O motor de 150 cm³ com injeção eletrônica, é capaz de gerar até 12,4 CV de potência máxima (com Etanol).

Pontos positivos: Econômica, mecânica simples e robusta, visual diferenciado, e qualidade Yamaha.

Ponto negativo: O modelo 2016 também não possui os freios Unificados ou Combinados.

250 cc

9 – Kasinski Mirage 250 (2009)

kasinski mirage 250

Para quem busca uma custom, a Kasinski Mirage 250 modelo 2009 é a melhor opção. Possui injeção eletrônica, motor V2, suspensão dianteira de longo curso e tanque de 14 litros. É confortável e tem desempenho para ganhar a estrada. O motor de 250 cm³ de 2 cilindros em “V”, gera até 30,1 CV de potência.

Pontos positivos: Potência, conforto e boa velocidade final.

Pontos negativos: Custo de manutenção alto, escassez de peças e poucas motos à venda.

10 – Dafra Next 250 (2014)

dafra next 250 2014

A Dafra Next 250 modelo 2014 é a melhor opção 250 cc nessa faixa de preço. É razoavelmente nova e possui design bem atual. É a moto que entrega o melhor conjunto pelo preço. Traz design esportivo, banco em dois níveis, painel com conta-giros analógico e tela LCD (com indicador de marcha) e conjunto mecânico moderno (câmbio de 6 velocidades). O motor de 250 cm³ possui refrigeração líquida, e gera até 25 CV de potência.

Pontos positivos: Câmbio de 6 marchas, boa velocidade final e baixo índice de roubo.

Pontos negativos: Manutenção um pouco mais cara que as concorrentes e dificuldade em encontrar peças.

11 – Yamaha Fazer 250 (2012)

yamaha ys 250 fazer 2012

Uma das motos de maior sucesso da marca, a Yamaha YS 250 Fazer 2012 é muito resistente e confortável, tendo ainda potência de sobra tanto para uso urbano como para esticadinhas no fim de semana. Conta com design atualizado, com novo farol, lanternas e painel. O motor de 249 cm³ com injeção eletrônica gera até 21 CV de potência.

Pontos positivos: Robusta, resistente, confortável, muitas peças disponíveis e tanque grande (19,2 litros).

Pontos negativos: Alto índice de roubos.

12 – Kawasaki Ninja 250 (2009)

kawasaki ninja 250r 2010

Quem pensa numa esportiva tem à disposição a Kawasaki Ninja 250 modelo 2009. Essa moto é um ícone da marca, carinhosamente chamada de “Ninjinha”. Entrega alto desempenho e ótima velocidade final com seu motor bicilíndrico de 250 cm³, que é capaz de gerar até 33 CV de potência máxima.

Pontos positivos: Velocidade final, alto desempenho esportivo e design que desperta interesse.

Pontos negativos: Manutenção cara e pode ser bem desconfortável para o uso no dia a dia.

13 – Yamaha Lander 250 (2009)

yamaha xtz 250 lander 2010

Outra de grande sucesso da marca, a Yamaha XTZ 250 Lander 2009 é muito resistente e confortável, tendo ainda potência de sobra tanto para uso urbano como para esticadinhas no fim de semana. Por ser uma off-road, tem a capacidade de superar obstáculos com facilidade, seja no asfalto ou estrada de terra. O motor de 249 cm³ com injeção eletrônica gera até 21 CV de potência.

Pontos positivos: Robusta, resistente, confortável e muitas peças disponíveis.

Pontos negativos: Alta demais para os baixinhos.

14 – Honda XR 250 Tornado (2008)

honda tornado 250 2008

Concorrente da Yamaha Lander 250, a Honda XR 250 Tornado 2008 é muito resistente e confortável, ótima para o uso no off-road. Conta com design simples, painel totalmente digital, motor carburado com quatro válvulas e duplo comando no cabeçote, além de câmbio com 6 velocidades. O motor de 249 cm³ gera até 23,3 CV de potência.

Pontos positivos: Robusta, resistente, confortável, e muitas peças disponíveis.

Ponto negativos: Banco estreito e duro (de acordo com alguns usuários) e painel sem marcador de combustível ou conta-giros.

300 cc

15 – Dafra Citycom 300i (2011)

dafra citycom 300i 2011

A Dafra Citycom 300i 2011 é a scooter ideal nessa faixa de preço, pois conta com conjunto moderno e motor de 300 cc, além de grande proteção contra o vento (e a chuva), por causa das carenagens e o grande para-brisa. Traz câmbio automático do tipo CVT, espaço sob o banco, e banco confortável. O motor de 263,7 cm³ com injeção eletrônica e refrigeração líquida, gera até 23 CV de potência.

Pontos positivos: Confortável, fácil de pilotar, bom desempenho e velocidade final.

Ponto negativos: Suspensão rígida, encaixe das carenagens frontais (faz ruído) e pouco espaço sob o banco.

16 – Honda CB 300R (2012)

honda cb300r 2013

Por fim, a última da lista é a famosa Honda CB 300R 2012. A fama, positiva, é devido a ser uma moto muito à frente do seu tempo, com design que até os dias de hoje, mostra-se super atual. A potência e velocidade final para a época também eram boas e a moto vendeu muito bem. A fama, negativa, é devido a vários relatos de trinca no cabeçote, que mais tarde, a Honda informou ter corrigido. Mas o problema persistiu (relatos de clientes) e ela preferiu tirar o modelo de linha. Apesar disso, há ainda muitos entusiastas, que não abrem mão de ter uma.. O motor de 1 cilindro de 291,6 cm³ gera até 26,5 CV de potência.

Pontos positivos: Boa potência e velocidade final, manutenção relativamente simples, farta oferta de peças e design ainda atual.

Pontos negativos: Alto índice de roubos, má fama relativa ao cabeçote (trinca) e seguro alto.

Enfim, aí estão as 16 motos e scooters que você consegue adquirir por R$ 8 mil em 2021. Qualquer que seja a sua escolha, acreditamos que será feliz e curtirá muito o modelo.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo created by DesignEvo logo maker