Yamaha mostra Scooter XMax 300 2019 na cor “Cinza Espada”

Compartilhar

A Yamaha lançou na Europa a scooter média XMax 300 2019 na cor “Cinza Espada”. Além dessa nova cor, a XMax 300 2019 possui um banco especial com encosto lombar em couro, aro do velocímetro cromado, lanterna traseira fumê e pedaleira do passageiro em alumínio.

Ela possui ainda farol duplo de LED e carenagem aerodinâmica. O motor é monocilíndrico de 292 cc com refrigeração líquida. Ele é capaz de gerar até 27,6 cv de potência máxima e 3,0 kgfm de torque.

yamaha xmax 300 2019 iron max

A exclusiva XMAX 300 IRON MAX foi desenvolvida com base na lendária TMAX – não é nenhuma surpresa que se trate de uma das mais impressionantes scooters do seu segmento. Com as caraterísticas verdadeiramente exclusivas desta edição especial, a sua condução na estrada será extremamente precisa.

A XMax 300 conta com compartimento embaixo do banco para 2 capacetes integrais, partida sem chave, controle de tração e sistema ABS. Há disponível tomada 12V no porta-objetos do painel. Esse é completo com tela LCD multifunções no centro.

O seu farol de LED duplo, carenagem aerodinâmica e elementos decorativos laterais com bumerangues são caraterísticas MAX. Movida por um potente e econômico motor de 300 cc e equipada com suspensões tipo moto e um sistema eletrônico avançado, a XMAX 300 IRON MAX apresenta uma dinâmica de vanguarda e uma precisão única.

A nova XMax 300 2019 Iron Max já está disponível na Europa. Não há previsão para o Brasil. Informações dão conta que a Yamaha chegou a testar a XMax 300 no Brasil e que tem interesse em trazê-la mas, por algum motivo, tiveram que suspender os testes.

Essa seria uma ótima opção para o mercado de scooters de 300cc no Brasil, pois há apenas a Dafra Citycom S 300i e a Kymco Downtown 300i (a Honda já registrou a patente da Forza 300 no Brasil).

fotos: divulgação

Compartilhar

2 comentários em “Yamaha mostra Scooter XMax 300 2019 na cor “Cinza Espada”

  • 1 de julho de 2019 em 15:16
    Permalink

    Faz muito tempo que as Scooters caíram no gosto do brasileiro, só as montadoras teimam em não atender o consumidor com diversidade. Qual o problema em disponibilizar modelos que em países asiáticos, India, Europa, etc., são tão comuns ? Ou tinham as insignificâncias de 125 cc ou os monstros de 400 ou mais cc. Desculpem, mas é burrice e desrespeito ao consumidor. Tragam tudo – scooters 150, 160, 250, 300 etc., motos custom 250, 300, etc. que o consumidor brasileiro merece … E vai comprar, podem ter certeza.

    Resposta
  • 1 de julho de 2019 em 15:10
    Permalink

    Cedo ou tarde esta virá para cá também, só que estas montadoras de moto parece que ás vezes tem pó de mico na cabeça !! Ao invés de diversificarem, ficam na eterna mesmice. Por exemplo, outra BURRICE !! BURRICE !! BURRICE !! sem tamanho é a estratégia de não disponibilizarem modelos custom de baixa cilindrada por aqui, como em qualquer republiqueta de meia tigela tem …!! Mas, fazer o quê ..!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo made with DesignEvo