Venda de motos no Brasil apresenta queda em março de 2020, devido ao coronavírus

Compartilhar

A venda de motos no Brasil em março de 2020, recuou 5,56%, comparando com o mês anterior, segundo dados de emplacamentos da Fenabrave. No acumulado, a queda foi de 4,59%. A queda foi impactada principalmente pela pandemia do novo coronavírus.

Em março, foram emplacadas 75.356 unidades, contra 79.791 no mês anterior, uma queda de 5,56%. Contra o mesmo mês do ano passado, a queda foi de 10,10% e no acumulado (janeiro-março) contra o mesmo período do ano passado, a queda foi de 4,59%.

A explicação para a queda em março, comparando com janeiro e fevereiro, é que, com a pandemia do novo coronavírus, todas as lojas de produtos e serviços “não essenciais” foram fechadas e não podem realizar atendimento presencial. As vendas podem ocorrer, mas apenas de modo virtual.

Considerando tudo isso, provavelmente teremos uma retração nas vendas em 2020, mas números e estimativas oficiais ainda não foram divulgadas.

Enfim, a Honda continua na liderança folgada, com 78,7% de participação de mercado no acumulado, e sua moto mais vendida continua sendo a CG 160 (modelo 2020 já anunciado), que possui 28% de todas as motos vendidas.

fonte: Fenabrave

Veja também os Mais Populares:

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo made with DesignEvo