As 10 Motos mais Caras do Mundo!

Compartilhar

Veja nesta lista as 10 Motos mais caras do Mundo. Você vai se surpreender!

Fala pessoal, tudo bem? Essa é uma compilação com as 10 motos mais caras do mundo, pelo menos até esse momento que está sendo publicado. Os valores apresentados aqui são citações de valores realizados ou estimativas de especialistas, até porque a maioria deles acontece via leilões ao redor do mundo.

10: Ducati Testa Stretta NCR Macchia Nera, custa aproximadamente US$ 225.000

Ducati Testa Stretta NCR Machia Nera

Motos tem o preço definido por seu desempenho técnico, projetos e estruturas, entre outros. Outra maneira é fabricar apenas um certo número delas, para torná-las edição limitada.

A Ducati Macchia Nera pode não competir com as outras grandes motos nesta lista em termos de velocidade, mas materiais de titânio e fibra de carbono para torná-la impressionantemente leve, a contribuição artística do designer visionário Aldo Drudi e apenas uma pequena quantidade foi disponibilizada, convencendo a maioria dos aficionados de que o preço se justifica para garantir que o modelo chegue à sua coleção.

9: Ducati Desmosedici D16RR NCR M16 custa aproximadamente US$ 232.000

Ducati Desmosedici D16RR NCR M16

A NCR começa com uma Desmosedici D16RR de US $ 72.500 e a reformula para torná-la mais leve e poderosa. O resultado: um míssil de US $ 232.000 chamado NCR Millona 16.

Todo esse dinheiro vai onde? Fibra de carbono em todos os lugares, incluindo peças de suporte de carga, como o quadro, braço oscilante e rodas. O tanque de combustível, carenagem e rabeta também são de carbono. As peças mecânicas são de titânio, até os parafusos, ou alumínio de grau aviônico.

Um motor V-4 Ducati de 989 cc envia cerca de 175 cavalos de potência para a roda traseira, mas a NCR ajustou o M16 para enviar mais de 200 cavalos ao asfalto. A atual geração de suspensão MotoGP ajuda a jogar a potência pro asfalto, e a M16 também usa eletrônica de corrida com controle de tração, gravação de dados e mapas selecionáveis pelo usuário.

Sem gasolina, a M16 pesa 145 kg, mais leve do que uma moto de quatro cilindros da MotoGP.

8: Ecosse FE Ti XX Titanium Series custa aproximadamente US$ 300.000

Ecosse FE Ti XX Titanium Series

Em 2007, muitos achavam que um preço de US $ 300 mil para uma moto grande era insano, não importava se ele fosse o mais adequado em todos os detalhes. Como os tempos mudaram e, em dez anos, US $ 300.000 perderam facilmente seu primeiro lugar, indo apenas para o oitavo lugar entre as dez maiores big bikes mais caras do mundo.

A FE Ti XX é alimentada por um motor de alumínio de 2.409 cc que transmite 230 cv de potência à roda traseira. A fibra de carbono tem sido usada em abundância na moto para manter o peso baixo. O banco foi feito com o couro italiano Berluti. Seus tubos de escape de titânio grau 9 têm um acabamento cerâmico em forma de granulado.

Aqueles que conseguiram colocar as mãos na FE Ti XX, sem dúvida, pertencem a um grupo extremamente exclusivo, já que apenas 13 unidades foram fabricadas.

7: Dodge Tomahawk V10 Superbike custa aproximadamente US$ 550.000

Dodge Tomahawk V10 Superbike

Se você acha que o Dodge Tomahawk V10 Superbike parece um Dodge de quatro rodas espremido dos dois lados, você não está sozinho. Essa Tomahawk V10 Superbike é uma besta estranha, e não apenas porque usa um motor Dodge Viper de quatro tempos V10. São 500 cv de potência inseridos numa moto com design pra lá de futurista.

Tal como foi introduzido em 2003, o Tomahawk único estava operacional e pronto para a estrada, mas não totalmente testado. No mínimo, este Tomahawk é capaz de atingir 100 km/h em cerca de 2,5 segundos, com uma velocidade máxima teórica de 640 km/h. Na prática, é difícil imaginar alguém disposto a provar isso.

Você pode ter sérias dúvidas em andar nesta grande moto, mas certamente muitos entusiastas estão mais do que ansiosos para andar com esse monstro até a sua garagem. Este Tomahawk, cujos componentes eram usinados de forma personalizada a partir de blocos de alumínio, certamente não deixaria de atrair os olhos de todos em qualquer lugar.

6: Harley Davidson Cosmic Starship custa aproximadamente US$ 1.5 milhão

Harley Davidson Cosmic Starship

O que costumava ocupar o primeiro lugar na lista das dez mais caras big bikes agora só é bom para a sexta posição. No entanto, afirmam ter sido vendida por US $ 3,5 milhões e agora está à venda por US $ 12 milhões. Se isso acontecer, deve recapturar a coroa que já teve.

Poucas pessoas já consideram a maioria das grandes motos uma obra de arte por si só, portanto, fazer uma obra de arte literal é o próximo passo óbvio. Certo?

Harley Davidson parece pensar assim, e em sua Cosmic Starship, eles fizeram uma parceria com o famoso artista existencialista rebelde cósmico Jack Armstrong para aplicar tinta amarela e vermelha sobre uma Harley V-rod e originalmente a vendeu em um apartamento de US $ 1 milhão depois de muito show de transmissão em todo o mundo.

Se você comprou uma nave cósmica, porém, você gostaria de pensar duas vezes antes de desfilar esse tesouro valorizado em todo o lugar.

5: BMS Nehmesis custa aproximadamente US$ 3 milhões

bms nehmesis

A primeira coisa que você notaria sobre a BMS Nehmesis é o brilho amarelo e a ausência de suporte lateral, fazendo com que pareça estar deitado de barriga para baixo como uma baleia abandonada.

Essa moto é totalmente funcional e incorpora um sistema de suspensão a ar que, junto com a suspensão traseira do braço oscilante de um lado, pode elevar a moto 25 centimetros ou abaixá-la diretamente no solo. Isso torna desnecessário um suporte lateral, pois a Nehmesis pousa suavemente sobre os trilhos da estrutura quando é hora de estacionar.

Quanto ao brilho amarelo, esse é o ouro de 24 quilates. Isso explica facilmente o preço de US $ 3 milhões e todos certamente entenderiam se você não quisesse deixá-la fora de sua casa. É muito provável que você queira um showroom instalado em frente à sua casa, elevado a um nível espetacular para que todos tenham uma boa visão da sua joia.

4: Hildebrand & Wolfmuller custa aproximadamente US$ 3,5 milhões

hildebrand wolfmuller

História é cara e, a US $ 3,5 milhões, sua compra o mandaria de volta há 124 anos, até 1894, quando esta primeira moto de produção apareceu em cena.

Heinrich e Wilhelm Hidebrand eram engenheiros de máquinas a vapor antes de se juntarem a Alois Wolfmüller para produzir sua primeira moto a combustão em Munique em 1894.

Se você conseguir colocar as mãos nisso e quiser literalmente dar um passo na história testando como ela se comporta na estrada, fique atento para um fato divertido: sem embreagem nem pedal, esteja preparado para correr e pular com isso.

3: Ecosse ES1 Spirit custa aproximadamente US$ 3.6 milhões

Ecosse ES1 Spirit

Quando um fabricante de motos exige que até mesmo um piloto profissional faça primeiro um treinamento de duas semanas antes de tentar montar um de seus modelos, você só sabe que algo está acontecendo com essa moto.

Esta não é uma máquina de duas rodas como tradicionalmente definida: primeiro, não há estrutura de chassi para falar. Balança e suspensão traseira são anexadas à caixa de velocidades e suspensão dianteira ao motor. O peso dessa máquina é de apenas 120 kg.

Um motor integrado de quatro cilindros em linha feito sob medida, com o condutor sentado numa posição que permite que os joelhos estejam perto do corpo para uma maior ergonomia e controle, suspensão dianteira e traseira de fibra de carbono e guidões montados no garfo dianteiro e todos os controles permitem que a ES1 Spirit atue como um verdadeiro carro de F1 como seus dois engenheiros britânicos e americanos imaginaram.

Nada melhor para esses impressionantes detalhes técnicos do que o conhecimento de que o provável comprador será apenas um dos dez proprietários exclusivos deste paraíso de duas rodas.

2: 1949 E90 AJS Porcupine custa aproximadamente US$ 7 milhões

1949 E90 AJS Porcupine

Um fabricante de motos com uma história rica e herança vencedora de pistas de corrida prejudicada por várias turbulências financeiras no início, a AJS só conseguiu produzir 4 unidades Porcupine em 1949. Como se viu, uma delas sob as mãos muito poderosas de Les Graham venceu em 1949 Campeonato Mundial.

Um motor bicilindrico de estrutura aberta, liga de alumínio, 500cc, com cilindros horizontais dá ao Porcupine um baixo centro de gravidade.

Tendo vivida a própria Guerra Fria, a veterana Porcupine passou vinte anos no Coventry National Motorcycle Museum antes de ser disponibilizada para o entusiasta com um bolso recheado.

1: Neiman Marcus Limited Edition Fighter custa aproximadamente US$ 11 milhões

neiman marcus limited edition fighter

Quem imaginava que essa moto assumiria o topo das 10 motos mais caras do mundo? Especialmente quando se considera como ela começou a ser vendida por “humildes” $ 110.000. E lembre-se, Neiman Marcus é um nome com o qual você relacionaria com a loja de departamentos (roupas e calçados) em vez de uma superbike.

O design único de um relógio, no entanto, parece ter tomado conta de tudo isso. O chassi atraente da moto, esculpido em uma única peça de metal, provou ser um sucesso extremo entre os entusiastas. Como se viu, até a Apple usou a mesma abordagem para seu novo laptop na época. Muitos especialistas em design concordaram: isso é o melhor estilo, onde a utilidade do veículo é estilizada e não oculta da vista.

Quando a imprensa especializada viu a moto pela primeira vez, eles foram simplesmente derrubados pelo seu estilo evolucionário.

Essa é uma edição limitada? Sim, tal como está, apenas 45 desta belezura já foi lançada no mercado.

Apesar do preço de US $ 11 milhões e visual extremo, a Neiman Marcus Limited Edition Fighter é completamente legal para as ruas, engolindo a estrada a uma velocidade máxima de 300 km/h, a potência proveniente de um motor V-Twin de 120 graus refrigerado a ar é complementado por peças de corpo de titânio, alumínio e fibra de carbono.

Então, essas são as 10 Motos mais caras do mundo até o momento.

fonte: financesonline.com

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo made with DesignEvo